Pentágono diz que ‘houve apenas um homem-bomba’ no atentado em Cabul

Porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA declarou que missão de retirada das pessoas ainda enfrenta 'ameaças'
-Publicidade-
Pessoas feridas chegando ao hospital depois da explosão ao redor do Aeroporto de Cabul, no Afeganistão | Foto: Reprodução/Reuters
Pessoas feridas chegando ao hospital depois da explosão ao redor do Aeroporto de Cabul, no Afeganistão | Foto: Reprodução/Reuters

O Pentágono concluiu que houve uma única explosão no Aeroporto de Cabul, no Afeganistão, e não duas, como relatado anteriormente. O vice-diretor de logística do Estado-Maior dos Estados Unidos, general Hank Taylor, afirmou que os seus serviços não acreditam que tenha ocorrido uma segunda explosão “dentro ou perto” do Hotel Baron. “Portanto, houve apenas um homem-bomba”, disse. A informação foi repassada nesta sexta-feira, 27, durante conferência com a imprensa.

Leia mais: “Número de mortes da explosão em Cabul se aproxima de 200”

Taylor acrescentou que os serviços norte-americanos ainda não têm certeza de como o relatório inicial, incorreto, foi divulgado. Ele atribuiu o erro a uma possível “confusão durante eventos dinâmicos”. Na mesma conferência, o porta-voz do Pentágono, John Kirby, garantiu que a missão para retirar milhares de pessoas de Cabul ainda enfrenta “ameaças específicas”. Mas assegurou que as forças militares norte-americanas vão prosseguir a sua tarefa até 31 de agosto, prazo final para a saída do Afeganistão.

-Publicidade-

Leia também: “Defensoria da União aconselha que Brasil ofereça abrigo para 400 afegãos perseguidos”

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro