Pfizer defende 4ª dose da vacina contra covid-19

CEO da farmacêutica disse que as pessoas vão precisar de um novo reforço do imunizante
-Publicidade-
No Brasil, apenas imunossuprimidos podem tomar a quarta dose da vacina anticovid
No Brasil, apenas imunossuprimidos podem tomar a quarta dose da vacina anticovid | Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

A Pfizer informou que as pessoas devem precisar de uma quarta dose da vacina contra a covid-19. A afirmação foi feita pelo CEO da farmacêutica, Albert Bourla, no domingo 14, durante uma entrevista à rede de TV americana CBS.

De acordo com o executivo, a terceira dose é “muito boa”, para evitar hospitalizações e mortes pela doença, mas não é tão eficaz contra infecções depois de alguns meses.

“Nesse momento, da maneira que vimos, é necessária uma quarta dose”, disse Bourla. “A proteção que você está recebendo da terceira é boa o suficiente, na verdade muito boa para hospitalizações e mortes, mas nem tanto contra infecções.”

-Publicidade-

No Brasil, até o momento, além das duas doses ou da dose única da Janssen, o país aplica a terceira dose da vacina. Apenas imunossuprimidos podem tomar a quarta dose.

Em outros países, como Israel e Chile, a quarta dose já está liberada para um grupo maior. A França anunciou, na sexta-feira 11, a aplicação para idosos com mais de 80 anos.

Segundo o CEO da Pfizer, a farmacêutica trabalha para produzir uma nova vacina não só contra todas as variantes do novo coronavírus, como também com um tempo maior de proteção. “E, se conseguirmos isso, então acho que é muito fácil seguir e lembrar, para que possamos voltar realmente ao modo de vida que costumávamos viver”, disse Bourla.

Estudo busca entender reações alérgicas após vacina da Pfizer e da Moderna

O Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (Niaid) dos Estados Unidos realiza um estudo para entender uma classe de efeitos adversos das vacinas de mRNA (RNA mensageiro) contra a covid-19: as reações alérgicas sistêmicas raras, mas potencialmente graves, depois da aplicação das vacinas da Pfizer e da Moderna.

A pesquisa não deve investigar a relação com casos graves (anafilaxia). As informações foram divulgadas pelo National Institutes of Health na última quarta-feira, 9.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

18 comentários Ver comentários

  1. A Pfizer deveria ser obrigada a fornecer a todos os compradores da sua pseudo-vacina, essa quarta dose de forma GRATUITA e tambem distribuir, proporcionalmente, aos compradores, parte dos altos lucros auferidos com as vendas desse produto.
    Mas quem pode nos ajudar com isso??????

  2. Completamente uma loucura tomar vacina de dois em dois meses… Claro que os empresários de laboratórios querem vender facilidades…. Deviam perguntar a eles se já tomaram essas vacinas, até então, não haviam tomado…

  3. Dentro de pouco tempo, vão vender no supermercado, garrafinha com meio litro, tudo autorizado pela Anvisa. A Pfizer fez um remedinho, autorizado pela anvisa, para tratamento precoce, 5 doses custam em torno de 900,00 reais. Ironia ou safadeza, age exatamente como a ivermectina que custa 30,00 a dose.

  4. Mas não era só uma? kkkkkkkkkkkkkkkkk….
    Isso me deixa muito preocupado quando eu disser que não tomei nenhuma e nem o remédio do Bolsonaro, receio de ir preso.

      1. Aquele kit famoso…, muito divulgado pela mídia e pela CPI do Circo. Vais dizer que você não sabe?

    1. Não tomo vacina de covid em nenhuma hipótese, problema meu. Já peguei covid duas vezes e tomei ivermectina e cloroquina associado a mais quatro medicamentos, fora um mal estar, tudo tranquilo. A clinica onde meu médico atente fez 12 mil atendimentos e perdeu 2 pacientes. Um com 39 anos, pesando 180 kg e diabético, procurou a clinica já com falta de ar. Outro com 83 anos, quando da limpeza do quarto do idoso, constataram que não havia tomado os remédios. Não estou indicando para ninguém como deve proceder na vida, estou apenas contando o que se passou comigo.

    2. Pois eu não tomei foi nada e nem peguei resfriado. Lembro de uma noite que dei um espirro mas foi porque saí no sereno, foi só voltar e vestir uma camisa que resolveu a parada. E vou revelar algo interessante, nesses dois anos de covid, nem aquela gripezinha regulamentar que pegava todo ano, nem ela deu as caras por aqui, eu acho que o covid não deixou… kkkkkk.

  5. O que o dinheiro faz com esses seres egoístas e gananciosos. Quarta dose, quinta dose, etc… De dose em dose o volume no bolso aumenta e o povo se ferra com ineficácia, com efeitos colaterais gravíssimos que podem levar a morte. Essa raça tem que ir pros quintos dos infernos.

  6. Isso demonstra cada vez mais o apetite da indústria farmacêutica, compraram até a OMS que daqui a pouco vai anunciar a nova variante do vírus: XYZÔMEGACHARLEBRAVOPOSITIVOEOPERANTE.

  7. Mais doses, mais dinheiro… E têm trouxas ainda achando que é para a saúde, pior que esses trouxas já estão ansiosos pela quarta, quinta, sexta… vigésima quinta doses.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.