Pfizer vai pedir à Anvisa liberação para vacinar crianças de 5 a 11 anos

Solicitação será feita em novembro, segundo a farmacêutica
-Publicidade-
Pfizer pretende vacinar crianças de 5 a 11 anos
Pfizer pretende vacinar crianças de 5 a 11 anos | Foto: Adriano Ishibashi/FramePhoto/Estadão Conteúdo

A farmacêutica norte-americana Pfizer anunciou ontem, quarta-feira 27, que solicitará à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) uma autorização para aplicar sua vacina contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos. De acordo com a fabricante, o pedido será feito em novembro.

O anúncio ocorre um dia depois de um comitê independente de aconselhamento da Food and Drug Administration (FDA), agência sanitária regulatória dos Estados Unidos, recomendar a utilização do imunizante da Pfizer em crianças da mesma faixa etária. Oeste noticiou.

Caso seja aprovada pela FDA, a expectativa é que a vacina comece a ser administrada nesse grupo de pessoas a partir da próxima semana, com dosagem de um terço da aplicada nos adultos. Na última sexta-feira, 22, a farmacêutica informou à agência regulatória que seu imunizante tem 90,7% de eficácia.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

  1. Que ótima notícia! Quebrando muito tabu criado sobre as vacinas. A farmacêutica tem interesses econômicos, certamente, mas é uma prova de que um laboratório dos países mais desenvolvidos tecnologicamente possa ser também a melhor resposta para o problema do contágio infantil (além de ensinar aos adultos que lucro é obtido de forma lícita, transparente e livre).

    1. Petista nenhum tem a obrigação de ter uma mínima instrução, aliás isso é muito raro nesse meio então devo corrigi-lo: O termo certo é “chip”, mas não é aquele de batata que você está acostumado a comprar no supermercado, ok petista?

  2. Além da grana que esses mafiosos estão ganhando e ou vão ganhar ainda deve existir um conluio dessas BigPharmas com autoridades da área da saúde para liberar essas drogas no público infantil. São uns canalhas ao permitirem expor esse público a essas porcarias.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.