Pré-candidato a presidente da Nicarágua é preso

Opositores acusam Daniel Ortega de perseguição
-Publicidade-
Felix Maradiaga acusa Daniel Ortega de perseguição
Felix Maradiaga acusa Daniel Ortega de perseguição | Foto: Reprodução/Instagram

Felix Maradiaga, pré-candidato a presidente da Nicarágua, foi preso nesta terça-feira, 8, na capital, Manágua. Trata-se da terceira detenção de um candidato opositor do presidente Daniel Ortega, que comanda o país centro-americano com mão de ferro.

As autoridades da Nicarágua acusam Maradiaga de tramar contra a independência, a soberania e de “incitar a ingerência estrangeira”, além de pedir intervenções militares. O político afirmou, em nota, que as acusações são falsas.

-Publicidade-

“O Ministério Público, controlado por Daniel Ortega e Rosario Murillo [primeira-dama e vice-presidente], é instrumento político do regime, cujo objetivo é impedir que haja eleições livres e transparentes no próximo novembro, como manda a Constituição”, asseverou a assessoria de Maradiaga.

Leia também: “Ditador Daniel Ortega cria lei contra opositores na Nicarágua”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site