Presidente da CNN renuncia por ter se relacionado com funcionária

Jeff Zucker, de 56 anos, manteve em segredo relacionamento amoroso com alta executiva da emissora norte-americana
-Publicidade-
Jeff Zucker, presidente mundial da CNN, renunciou ao cargo
Jeff Zucker, presidente mundial da CNN, renunciou ao cargo | Foto: Reprodução/CNN

O presidente mundial da CNN, Jeff Zucker, de 56 anos, renunciou ao cargo nesta quarta-feira, 2, em meio a um escândalo gerado por um relacionamento com uma alta executiva da emissora de TV norte-americana. O affair entre os dois foi mantido sob sigilo.

“Eu certamente gostaria que meu mandato aqui tivesse terminado de forma diferente. Mas minha carreira foi incrível e eu pude aproveitar cada minuto dela”, afirmou Zucker, em mensagem encaminhada aos funcionários da CNN.

Segundo o agora ex-presidente do grupo de comunicação, a renúncia é “imediata”. Ele também está deixando o cargo que ocupava na divisão de notícias e esportes da WarnerMedia.

-Publicidade-

Zucker estava no comando da CNN desde 2013 e era um dos executivos de mídia mais influentes dos Estados Unidos.

Segundo ele, uma apuração interna da empresa desvendou o relacionamento mantido em segredo.

“Fui questionado sobre uma relação consensual com minha colega mais próxima, alguém com quem trabalho há mais de 20 anos”, disse o executivo, em sua mensagem aos ex-colegas. “Admiti que o relacionamento evoluiu nos últimos anos. Eles me pediram para revelar quando começou, mas eu não o fiz. Eu errei.”

De acordo com informações do site Axios, o relacionamento amoroso seria com Allison Gollust, diretora de marketing da CNN. Uma pessoa ouvida pelo site classificou a relação como “um segredo aberto” na rede norte-americana de TV.

Em um memorando interno, no âmbito das apurações da direção da CNN, Allison teria afirmado: “Jeff e eu somos amigos íntimos e parceiros profissionais há mais de 20 anos. Recentemente, nosso relacionamento mudou durante a pandemia. Lamento não ter divulgado no momento certo. Estou incrivelmente orgulhosa do meu tempo na CNN e ansiosa para continuar o excelente trabalho que fazemos todos os dias”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.