Presidente do Afeganistão está nos Emirados Árabes

Ashraf Ghani fugiu do país quando o grupo terrorista Talibã assumiu o controle de Cabul
-Publicidade-
Ashraf Ghani fugiu do país 'para evitar derramamento de sangue'
Ashraf Ghani fugiu do país 'para evitar derramamento de sangue' | Foto: Reprodução/Flickr

O presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, que fugiu do país quando o grupo terrorista Talibã assumiu o controle da região, está nos Emirados Árabes Unidos. A informação foi confirmada nesta quarta-feira, 18, pelo Ministério das Relações Exteriores emiradense.

“O Ministério das Relações Exteriores e de Cooperação Internacional informou que os Emirados Árabes receberam o presidente Ashraf Ghani e sua família por considerações humanitárias”, veiculou a agência de notícias oficiais do emirado, WAM.

No dia em que fugiu do país, Ghani afirmou, nas mídias sociais, que “incontáveis compatriotas teriam sido martirizados” caso ele não deixasse o Afeganistão. De acordo com o presidente, a fuga foi realizada para evitar derramamento de sangue.

-Publicidade-

Leia também: “Talibã reprime protestos com violência em Jalalabad”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

  1. Covarde. Tiveram mais de vinte anos para organizar o país. Encheu os bolsos de dinheiro e deixou a população à mercê dos terroristas sanguinários!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro