Rumble oferece US$ 100 milhões para ter podcast de Joe Rogan

Convite da plataforma de vídeos foi feito depois de o Spotify remover 113 episódios do podcast do humorista
-Publicidade-
Joe Rogan tem motivos para voltar a sorrir
Joe Rogan tem motivos para voltar a sorrir | Foto: Reprodução/Flickr

A Rumble ofereceu nesta segunda-feira, 7, US$ 100 milhões para que Joe Rogan hospede seu podcast na plataforma. O convite ocorre depois de o serviço de streaming Spotify remover 113 episódios do The Joe Rogan Experience. Conforme noticiou Oeste, Rogan é acusado de supostamente difundir notícias falsas sobre a pandemia e de fazer comentários racistas.

“Não há nada que eu possa fazer para voltar atrás”, explicou o humorista, após o caso ganhar repercussão. “Gostaria de poder. Obviamente, isso não é possível. Certamente, não estava tentando ser racista. Nunca iria querer ofender alguém por entretenimento com algo tão estúpido quanto o racismo.

Em publicação no Twitter da Rumble, o CEO da empresa, Chris Pavlovski, oficializou o convite ao podcaster. “Estamos com você, seus convidados e sua legião de fãs”, ressaltou. “Por isso, gostaríamos de oferecer 100 milhões de razões para tornar o mundo um lugar melhor. Que tal você trazer todos os seus episódios para o Rumble, antigos e novos, sem censura, por US$ 100 milhões ao longo de quatro anos? Essa é a nossa chance de salvar o mundo.”

-Publicidade-

The Joe Rogan Experience

O podcast do humorista se tornou um dos mais populares do Spotify. De acordo com o jornal The Wall Street Journal, o valor do acordo de licenciamento exclusivo com a empresa de serviço de streaming é maior que US$ 100 milhões.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Vai lá JR, faz a coisa certa pelo menos dessa vez depois de errar feio pedindo desculpas para esses militantes ditadores, tira todos os seus milhões de seguidores dessa covarde Spotify!

  2. As plataformas que censuram ou cedem as pressões militantes, ficaram apenas com os usuários militantes, só que uma hora a conta não irá fechar e será tarde, falência à vista, quem lacra, não lucra, fato!!!

  3. Joe Rogan jamais deveria ter pedido desculpas e o Spotfy jamais deveria ter cedido.
    Agora qualquer bostinha da esquerda vai querer regrar o spotfy… “ainn esse não quero… é racista… é fascista….é homofóbico.. ele não gosta de dar o c…”

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.