Talibã acaba com Ministério de Assuntos Femininos e gera revolta

Milicianos recriaram pasta de Propagação da Virtude e Prevenção do Vício, responsável pela aplicação de leis fundamentalistas
-Publicidade-
Talibã dá sinais de que mulheres afegãs continuarão sendo oprimidas sob o novo regime
Talibã dá sinais de que mulheres afegãs continuarão sendo oprimidas sob o novo regime | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Embora tentem difundir a tese de que farão um governo “moderado”, os extremistas do Talibã decidiram abolir o Ministério de Assuntos Femininos e recriar a pasta de Propagação da Virtude e Prevenção do Vício, informa a agência France-Presse.

O ministério era responsável pela aplicação das leis fundamentalistas islâmicas nos anos 1990, quando a milícia governou o Afeganistão pela primeira vez. Na época, os funcionários da pasta chicoteavam mulheres que andavam sozinhas pelas ruas e exigiam o cumprimento estrito de uma interpretação extremamente rigorosa do Islã.

Leia mais: “Talibã encontra US$ 12,3 milhões na casa de ex-integrantes do governo”

-Publicidade-

Segundo a France-Presse, o Ministério da Propagação da Virtude e da Prevenção do Vício já funcionava nesta sexta-feira, 17, exatamente na sede da antiga pasta que tratava de políticas para as mulheres.

Leia também: “Talibã descumpriu garantias sobre direitos das mulheres, afirma Bachelet”

Nas últimas horas, a decisão do novo governo afegão gerou revolta nas redes sociais. Alguns ex-funcionários da pasta se manifestaram em frente ao ministério por terem sido destituídos.

Leia mais: “Talibã mantém veto a mulheres para a prática de esportes”

Até o momento, os milicianos do Talibã não se manifestaram oficialmente sobre o assunto.

Leia também: “As mulheres invisíveis do Afeganistão”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na Edição 76 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.