Trump estuda banir aplicativos chineses

Tik Tok e similares estariam repassando dados de milhões de pessoas para o Partido Comunista; Índia já proibiu o aplicativo
-Publicidade-
O presidente dos EUA, Donald Trump | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA BRANCA
O presidente dos EUA, Donald Trump | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA BRANCA | O presidente dos EUA, Donald Trump | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA BRANCA

Tik Tok e similares estariam repassando dados de milhões de pessoas para o Partido Comunista; Índia já proibiu o aplicativo

trump
O presidente dos EUA, Donald Trump | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA BRANCA
-Publicidade-

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, afirmou ontem que o governo Trump considera proibir o uso de aplicativos chineses, como o Tik Tok. De acordo com ele, há suspeitas de que essas plataformas estejam sendo usadas para espionar cidadãos norte-americanos. Conforme noticiou Oeste, a Índia já vetou o uso do Tik Tok — o governo argumentou que o fez por “questões de segurança nacional”.

Leia também: “A bomba que vem do Leste”, artigo publicado na edição n° 2 de Oeste

À Fox News, Pompeo acusou o TikTok, controlado pela empresa chinesa ByteDance, coleta informações pessoais dos usuários e compartilha com os membros do Partido Comunista Chinês. Portanto, bloqueá-lo seria uma medida de preservar a integridade dos Estados Unidos e o bem-estar dos americanos. “Não quero sair na frente do presidente Trump, mas é algo que estamos estudando”, afirmou.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.