Rússia se torna alvo de ação no Tribunal de Haia

País é acusado de praticar genocídio
-Publicidade-
Volodymyr Zelensky é presidente da Ucrânia
Volodymyr Zelensky é presidente da Ucrânia | Foto: Reprodução/Twitter

A Ucrânia acionou o Tribunal de Haia contra a Rússia. A Corte internacional julga crimes de Guerra. Volodymyr Zelensk, presidente ucraniano, anunciou a medida neste domingo, 27.

“A Rússia deve ser responsabilizada por manipular a noção de genocídio para justificar a agressão”, disse Zelensk ao falar do pedido no Tribunal de Haia contra a Rússia. “Solicitamos uma decisão urgente ordenando que a Rússia cesse a atividade militar agora e esperamos que os julgamentos comecem na próxima semana.”

A Ucrânia se defende de uma invasão russa que teve início na quinta-feira 24. Imagens do conflito mostram residências sendo atingidas pelo exército russo. No sábado 26, o governo ucraniano divulgou que quase 200 civis já haviam sido mortos, sendo três crianças.

-Publicidade-

“Conforme os dados mais recentes, 198 pessoas, incluindo 3 crianças, foram mortas pelos invasores”, publicou ontem o ministro da Saúde da Ucrânia, Viktor Liashko, no Facebook. “Ficaram feridas 1.115 pessoas, incluindo 33 crianças”.

Zelensky se recusou a aceitar o conselho dos Estados Unidos de deixar o país. “A luta está aqui”, afirmou o líder ucraniano. “Preciso de munição, não de carona.”

Hoje, ele anunciou a criação de uma legião formada por estrangeiros para defender a Ucrânia. Ao fazer a convocação, ele disse “que todos que querem se juntar à defesa da segurança na Europa e no mundo podem vir e ficar lado a lado com os ucranianos contra os invasores do século XXI.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.