Ucrânia usa foguetes de longo alcance para revidar ataques russos

Novos armamentos enviados a Kiev reequilibram a guerra no Leste Europeu
-Publicidade-
A Ucrânia dispõe de mísseis Himars
A Ucrânia dispõe de mísseis Himars | Foto: Reprodução/Twitter

Um carregamento de armas ocidentais avançadas reforçou a capacidade da Ucrânia de se defender da invasão da Rússia. Trata-se dos lançadores de foguetes móveis Himars, enviados pelos Estados Unidos. Esses armamentos deram a possibilidade de Kiev atacar bases russas, incluindo depósitos de munição.

Isso muda o cenário do conflito no Leste Europeu. Até a semana passada, a Ucrânia dependia principalmente de drones e de armas antitanque.

Himars significa High Mobility Artillery Rocket System. De acordo com seu fabricante, Lockheed Martin, o artefato pode disparar, realocar, recarregar e disparar novamente em questão de minutos. Esse armamento está reequilibrando a guerra e dando aos ucranianos um impulso necessário para sobreviver, segundo reportagem publicada pelo The Wall Street Journal.

Batalha em Zaporizhzhia

A Ucrânia está disposta a atacar todos os soldados russos que utilizarem a central nuclear de Zaporizhzhia, localizada no sul do país. O local está sendo usado como base para promover ataques contra os ucranianos.

“Todos os militares russos que dispararem contra a central ou a utilizarem como cobertura precisam compreender que se tornam um alvo especial para os nossos agentes e para o nosso Exército”, disse o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. Ele disse também que a Rússia está usando a maior usina nuclear da Europa para fazer chantagem.

A central nuclear de Zaporizhzhia foi conquistada pelos russos no início da guerra, apesar de ainda ser controlada por técnicos ucranianos.

Leia também: “A Ucrânia resiste”, reportagem de Edilson Salgueiro publicada na Edição 102 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Ucrânia inclui Lula em lista de acusados de fazer ‘propaganda’ da Rússia: https://veja.abril.com.br/mundo/ucrania-inclui-lula-em-lista-de-acusados-de-fazer-propaganda-da-russia/

  2. Putin é muito valente contra países fracos e desarmados. Achou que ia tomar a Ucrânia em poucos dias. Se meteu num atoleiro que está moendo a juventude de seu país. Já está convocando homens mais velhos. Para o matadouro. Suas tropas não conseguem fazer avanços significativos e já recuam em algumas frentes. E alvos dentro de suas fronteiras são destruídos. A caradura é tamanha que dizem que as explosões foram causados pelos seus próprios soldados. Patético!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.