Vacina da Pfizer tem eficácia de apenas 12% em crianças, mostra estudo

Pesquisa analisou os casos de covid-19 entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022
-Publicidade-
Pesquisa foi feita pela Universidade Estadual de Nova Iorque
Pesquisa foi feita pela Universidade Estadual de Nova Iorque | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um estudo publicado pela Universidade Estadual de Nova Iorque informou que a vacina da Pfizer reduz apenas 12% dos casos de infecção pelo coronavírus em crianças de 5 a 11 anos. A pesquisa analisou os casos de covid-19 entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022 — período de surgimento da variante Ômicron.

A pesquisa sugere uma possível explicação para o resultado: a quantidade do produto injetado. Nos Estados Unidos, as crianças de 5 a 11 anos recebem duas doses de 10 microgramas da vacina da Pfizer — menos que os adolescentes, em que a dose é de 30 microgramas, a mesma aplicada em adultos.

A redução da dose infantil é uma tentativa de minimizar possíveis efeitos colaterais do imunizante. “A descoberta de uma efetividade marcantemente menor em crianças de 11 anos, se comparadas com outras de 12 e 13 anos, a despeito de sua fisiologia similar, sugere que a dose mais baixa pode explicar a menor efetividade na faixa etária entre 5 e 11 anos”, informa trecho do estudo.

-Publicidade-

Conforme o levantamento, os 12% de efetividade da vacina são contra infecção. Mas o estudo também constatou forte queda na proteção contra casos graves de covid-19, que caiu de 100% para 48%. Já entre os adolescentes, que tomam a dose maior, essa queda não foi tão intensa: de 95% para quase 75%.

A pesquisa foi publicada no início do mês, em formato preprint — artigos não revisados por pares e que ainda não foram publicados em uma revista científica.

Leia também: “A pressa irracional para vacinar crianças”, reportagem de Cristyan Costa publicada na Edição 98 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.