Venezuela: médicos alertam sobre venda ilegal de vacinas contra a covid-19

Entidade da categoria pede que a procuradoria-geral do país abra investigação
-Publicidade-
Venda ilegal de vacinas na Venezuela: médicos pedem investigação
Venda ilegal de vacinas na Venezuela: médicos pedem investigação | Foto: Divulgação/Unsplash

A Academia Nacional de Medicina da Venezuela pediu na sexta-feira 28, por meio de uma carta, que a procuradoria-geral do país investigue vendas ilegais de imunizantes contra a covid-19. O objetivo da solicitação é o de “identificar aqueles que poderiam promover esta prática criminosa e irresponsável que leva ao tráfico com as poucas vacinas disponíveis para a proteção dos venezuelanos e que sejam tomadas as medidas necessárias para erradicar esta prática criminosa odiosa.”

No documento enviado ao procurador-geral, Tarek Saab, a entidade pede “para determinar a veracidade das informações sobre o suposto mercado ilegal com a venda de vacinas que estão sob a custódia do Estado venezuelano com o Ministério da Saúde como órgão competente.”

-Publicidade-

Leia também: “Covid-19: Vacinação para pessoas com comorbidades causa corrida por atestados”

A entidade põe a venda ilegal de doses de imunizantes como consequência da lentidão na implementação do plano nacional de vacinação e cobrou o Ministério da Saúde sua divulgação para identificar os períodos de tempo para imunização, aspectos técnicos “inerentes” aos grupos prioritários a serem vacinados, e as quantidades disponíveis, entre outras questões.

Segundo organizações nacionais e internacionais, a Venezuela está entre os países menos imunizados contra a covid-19 na América Latina. Não é conhecida, com precisão, a quantidade de vacinas que chegaram ao país, pois os dados anunciados pelas autoridades são contraditórios, com os números variando em até 500 mil unidades, dependendo de quem os divulga, reportou o portal R7.

Leia também: “Ditadura venezuelana confisca sede do jornal El Nacional

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comments

  1. Alguma resposta há de vir do povo venezuelano. A Venezuela, afinal, é terra, é produtiva, mas o Estado, o governo, a corrupção e ditadura estão matando, enlouquecendo sua população. O Maduro já tomou a dose dele, com certeza.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site