Will Smith dá tapa na cara de Chris Rock em plena cerimônia do Oscar

Humorista fez piada com a esposa de Will Smith, que sofre de uma doença autoimune
-Publicidade-
Will Smith e sua esposa, Jada | Foto: Reprodução/Instagram
Will Smith e sua esposa, Jada | Foto: Reprodução/Instagram

Na noite do domingo 27, durante a entrega do Oscar, o ator Will Smith deu um tapa na cara do humorista Chris Rock. Tudo começou depois de Rock dizer que Jada Pinkett, esposa de Smith, “se parece com G.I. Jane”, em alusão à personagem de Demi Moore no filme Até o Limite da Honra, em virtude de Jada estar inteiramente calva. A mulher de Smith sofre de alopecia, uma doença autoimune que provoca queda de cabelo.

Smith subiu ao palco, deu uma bofetada em Rock, voltou à plateia e gritou: “Tire o nome da minha esposa da porra da sua boca”. Depois de um intervalo, Smith foi anunciado vencedor do Oscar pelo papel de melhor ator no filme King Richard.

“Richard Williams era um defensor feroz de sua família”, observou Smith, ao voltar ao palco e discursar. “Neste momento da minha vida, estou impressionado com o que Deus está me chamando para fazer e estar neste mundo”, disse, com lágrimas nos olhos.

“Quero pedir desculpas à Academia do Oscar. Quero pedir desculpas aos meus colegas indicados. A arte imita a vida. Eu pareço o pai maluco, assim como Richard Williams. Mas o amor vai fazer você fazer coisas malucas”, disse, ao mencionar que o ator Denzel Washington foi acalmá-lo depois do episódio. “Eu sei que, em nossa profissão, temos que ser capazes de aceitar abuso, ouvir loucuras, ouvir pessoas nos desrespeitando, sorrir e fingir que está tudo bem. Então Denzel Washington me disse, e eu adorei ouvir isso, que ‘nos meus melhores momentos, preciso ter cuidado, pois é aí que o diabo vem.'”

Leia também: “A tirania do cancelamento chegou longe demais”, reportagem de Dagomir Marquezi publicada na Edição 81 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

26 comentários Ver comentários

  1. Queria ver se a coisa fosse entre homens de verdade, se o idiota que deu o soco sairia inteiro. Ainda bem que não assisto essas idiotices de Hollywood há séculos, desde que o lugar virou lugar de boiolas desmunhecadas e sapatões metidos a machões. Bando de idiotas!

  2. Quem está certo nesse episódio? Quem apanhou ou quem bateu? Certamente se um branco estivesse envolvido a turma da lacração já teria um culpado. São evidências da hipocrisia reinante!!

  3. Isso do Will é coisa de Século XIX, onde as ofensas eram decididas em um duelo mortal. No Século XXI, esse tipo de atitude é de pessoas atrasadas, involuídas e retrógradas. Ofensa verbal deveria ser uma coisa que entra por um ouvido e sai por outro. Vale a máxima: “o que vem debaixo não me atinge”. Perguntas que não querem calar: como as pessoas ainda partem para agressão física com piada de mau gosto? Quem define os limites de uma piada? Onde está a virtude da altivez na humanidade? Para mim, nem as ofensas diretas (muito piores que piadas de mau gosto) deveriam alterar o brio das pessoas.

  4. Não consigo acreditar que isto tenha sido espontâneo… não acredito na espontaneidade de esquerdistas… não acredito em nada que venha do mundo lacrador… quero que todos se danem! #Bolsonaro 2022

  5. A maioria aqui conhece bem a vida particular do Will Smith; talvez a bofetada veio atrasada, vai saber. Seja como for, eu gosto do ator, especialmente do colega Washington Denzel.

  6. Vivemos em uma época que os princípios morais perderam o valor. Está em todas as partes. São piadas desrespeitosas, são reações agressivas desrespeitosas. Todos errados.
    Uma cerimonia que deixou tempos atrás de ser sobre cinema e passou a ser pura lacração, mostrou ontem o retrato da desmoralização total que vivemos.
    Antes mesmo da cerimonia começar, uma das escolhidas para apresentar se disse feliz por ser uma mulher, negra e homossexual na apresentação! É assim que ela se resume? Quem tem a honra de apresentar a maior premiação do cinema é escolhido pelo peso artístico que tem! Ou assim deveria ser…
    Começou errado pela bolha Hollywoodiana! Terminou de uma maneira que o mais desrespeitado da noite foi o público.
    E por fim, quanto aos limites da piada. Muitos dizem que pela doença autoimune que a Sra. Smith sofre, a piada foi infeliz, de mau gosto. Eu concordo! Mas será que as pessoas também ficam indignadas quando grupos “humorísticos” ridicularizam N.Senhora? Independente de qual é a sua fé.
    Vivemos numa sociedade que quer o DIREITO de ser respeitado mas não aprendeu que tem a OBRIGAÇÃO de respeitar o próximo.

  7. Horror… Horror…
    Curiosamente, na sexta passada, eu estive revendo a cena de abertura de “The Godfather” (1972) em 4K Ultra HD Digital postada pela Paramount Movies no dia 22 de março https://www.youtube.com/watch?v=eZHsmb4ezEk&t=318s, lembrando os 50 anos da obra prima lançada em 26.3.72.
    Parafraseio Brando/Corleone levantando-se e se queixando a Bonasera:

    “Hollywood, Hollywood , what I/we’ve ever done to make you treat me/us so disrespectfully?”

  8. Qdo era dos outros estava tudo certo, se cagando de rir, bastou falar da sua esposa que partiu para agredir o cara que o divertia minutos atrás? Cuzão!

    1. Pq num primeiro momento o Will caiu na gargalhada então? Deixa de ser tonta, tanto o Will e a sua “esposa” mantém um relacionamento aberto, defender a honra da esposa é pura hipocrisia, o que não existe entre eles é a tal da honra! Kkkkk

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.