-Publicidade-

‘Hipócritas e demagogos’, diz Fiuza sobre o Muda Senado

Integrantes do movimento votaram pela derrubada do veto presidencial que proíbe aumento de salários de servidores públicos durante a pandemia
Muda Senado, mas muda para onde, questiona Fiuza | Foto: DIVULGAÇÃO/ALVARO DIAS
Muda Senado, mas muda para onde, questiona Fiuza | Foto: DIVULGAÇÃO/ALVARO DIAS | muda senado - guilherme fiuza

Integrantes do movimento votaram pela derrubada do veto presidencial que proíbe aumento de salários de servidores públicos durante a pandemia

muda senado - guilherme fiuza
Alguns integrantes do Muda Senado, mas muda para onde?, questiona Guilherme Fiuza | Foto: DIVULGAÇÃO/ALVARO DIAS

Além de movimentar os bastidores do poder e as redes sociais ao longo do dia, a votação de ontem do Senado segue em pauta. Na edição de hoje do programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan, o jornalista Guilherme Fiuza abordou o assunto.

Leia mais: “Internautas se voltam contra o ‘irresponsável’ Senado”

Fiuza se voltou contra alguns membros de um núcleo em específico do Congresso Nacional, o que se intitula “Muda Senado”, que votaram pela liberação do aumento salarial de categorias do funcionalismo público. Colunista da Revista Oeste, o jornalista fez cobranças diretas a Alvaro Dias (Podemos-PR) e Reguffe (Podemos-DF). Nesse sentido, ainda citou Antonio Anastasia (PSD-MG), que oficialmente não pertence ao grupo.

“Muda Senado? Muda para onde?”

“Hipócritas e demagogos”, disse Fiuza sobre o trio de senadores em questão. “Muda Senado? Muda para onde?”, prosseguiu o jornalista. Por fim, o comentarista lamentou o desfecho da votação ocorrida no Senado. Parecer que, no entanto, pode ser confirmado ou vetado pela Câmara dos Deputados.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês