-Publicidade-

Abaixo-assinado pede ‘impeachment’ de Alexandre de Moraes

Criada pelo comentarista político Caio Coppolla, a petição conseguiu mais de 1 milhão de assinaturas
O ministro Alexandre de Moraes pode sofrer um processo de <i>impeachment</i>
O ministro Alexandre de Moraes pode sofrer um processo de impeachment | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O comentarista político Caio Coppolla criou nesta segunda-feira, 15, um abaixo-assinado virtual para pressionar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a pautar o impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Em menos de 14 horas, a petição conseguiu mais de 1 milhão de assinaturas. Na ação, Coppolla pede a instauração da chamada “CPI da Lava Toga” e solicita que o Senado analise “robusta denúncia por crimes de responsabilidade praticados pelo ministro do STF, protocolada pelo senador Jorge Kajuru”.

Leia também: “Alexandre de Moraes concede prisão domiciliar a Daniel Silveira”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

24 comentários

  1. Absurdo vc ter ministros que nem juízes são julgando a última instância no nosso país ! Muito errado ! Tem que ser juízes de carreira e concursados

  2. O Congresso tem Aprovar o Impeachment de Alexandre de Morais e votar a extinção da Pec da Bengala . Isso traria paz ao Brasil .
    Nos não merecemos essa Corte que aí está .

  3. Então você não acredita nas instituições! Tanto pior lara você.
    Não tem como não dar. Ao presidente do Senado Federal, o Dr Rodrigo Pacheco, basya apenas seguir as regras.
    E Alexandre de Moraes fazer a sua defesa.

  4. Agora a meta é chegar a 3 milhões! Com isso o Presidente do Senado não vai poder dizer não! O segredo é o que o Caio já disse: “Comissão Especial com Senadores sem processos no STF (melhor seria sem processo nenhum)”. Tenhamos Fé em Deus! Nosso País vai ser transformado! Deus está no Comando!!!!!

  5. Esta claro que a população não ofende a instituição, mas sim o endeusamento de seus ministros, e creio que este impeachment surtira efeitos imediatos nos próximos julgamentos dessa Nobre Corte.
    Espero que nosso Congresso imediatamente revogue a PEC DA BENGALA, que já nos livraria de Lewandowsky e Rosa Weber, bem como reestruture a necessária composição de seus ministros com indicação do Presidente por juristas de carreira na magistratura (desembargadores e ministros de tribunais inferiores), títulos e sabatina pelo Senado sem movimentações atípicas e ativismos políticos. Importante também reduzir o período dos nobres a no máximo 8 anos.

  6. ALÉM DO IMPEACHMENT, PRECISA SER AVALIADA, E MUITO BEM, OS CRITÉRIOS DE INDICAÇÃO DOS MINISTROS DO STF PARA O CARGO, QUE HOJE NÃO CONDIZEM COM A POSTURA (ALGUNS DELES) APÓS A ASSUNÇÃO NEM DO QUE DELES A SOCIEDADE BRASILEIRA TANTO ESPERA.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.