Alerj pede ajuda ao STF para blindar André Ceciliano (PT)

Presidente da Casa é suspeito de repasses irregulares a municípios para obter benefício eleitoral
-Publicidade-
O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, André Ceciliano (PT) | Foto: DIVULGAÇÃO/ALERJ
O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, André Ceciliano (PT) | Foto: DIVULGAÇÃO/ALERJ | O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, André Ceciliano (PT) | Foto: DIVULGAÇÃO/ALERJ

Presidente da Casa é suspeito de repasses irregulares a municípios para obter benefício eleitoral

alerj
O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, André Ceciliano (PT) | Foto: DIVULGAÇÃO/ALERJ
-Publicidade-

A Procuradoria-Geral da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) apelou ao Supremo Tribunal Federal para garantir a suspensão do processo criminal que envolve o presidente da Casa, deputado André Ceciliano (PT). O petista foi alvo da Operação Tris in Idem, baseada na delação premiada do ex-secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro Edmar Santos. Conforme o delator, Ceciliano teria repassado para a Secretaria Estadual de Saúde R$ 106 milhões das sobras do duodécimo do Legislativo de 2019.

Leia também: “Presidente da Alerj também é suspeito de participar das rachadinhas da Alerj”

De acordo com a Alerj, a Justiça Federal não tem competência para conduzir o processo. Dessa forma, o pedido tem de migrar para a área eleitoral. O procurador Sérgio Pimentel solicita que os efeitos de busca sejam suspensos e o material apreendido devolvido a Ceciliano e à Alerj. Ao jornal O Globo, Pimentel rebateu as acusações de que o presidente da Casa e outros deputados teriam feito pedidos de repasse a municípios visando conseguir benefício eleitoral. Isso porque Ceciliano não é candidato às eleições municipais deste ano.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comments

  1. O NOSSO JUDICIÁRIO PRECISA DE UMA FAXINA, URGENTE!! Juízes, procuradores, subprocuradores e desembargadores envolvidos com a CORRUPÇÃO até o pescoço. VERGONHA!!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site