Alvos de operação da PF acionam STF para que possam participar de atos no 7 de Setembro

Zé Trovão e empresários pedem ao Supremo que reverta a decisão que os proíbe de se aproximar da Praça dos Três Poderes, em Brasília
-Publicidade-
Brasília deve ser palco de manifestações no 7 de Setembro
Brasília deve ser palco de manifestações no 7 de Setembro | Foto: Wellington Macedo/TheNews2/Estadão Conteúdo

O caminhoneiro Marcos Antonio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, e os empresários Turíbio Torres e Juliano Martins apresentaram um habeas corpus ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que possam participar das manifestações do 7 de Setembro. Inicialmente, a informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

Os três são investigados pela Polícia Federal (PF) por suposta defesa de atos antidemocráticos. Conforme noticiou Oeste, o cantor Sérgio Reis e o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) estão entre os alvos da corporação. O ministro Alexandre de Moraes proibiu que os investigados se aproximem da Praça dos Três Poderes, em Brasília.

O pedido de habeas corpus foi apresentado ao presidente do STF, ministro Luiz Fux, mas acabou distribuído para a análise do ministro Luís Roberto Barroso. De acordo com os advogados, Zé Trovão, Torres e Martins desejam “locomover-se para onde quiser, dentro ou fora do Estado em que residem, para as manifestações”.

-Publicidade-

Leia também: “Bolsonaro: ‘Convido qualquer um dos 11 ministros do STF para falar com o povo no 7 de Setembro’”

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro