Auxílio emergencial será prorrogado por 3 meses, confirma Guedes

Benefício aos mais vulneráveis será estendido até outubro
-Publicidade-
Paulo Guedes confirmou prorrogação do auxílio emergencial
Paulo Guedes confirmou prorrogação do auxílio emergencial | Foto: Bruno Rocha/Enquadrar/Estadão Conteúdo

O governo federal vai prorrogar o auxílio emergencial por mais três meses, informou o ministro da Economia, Paulo Guedes. Portanto, a ajuda voltada aos mais vulneráveis durante a pandemia do novo coronavírus será estendida até outubro, nos mesmos valores de R$ 150 a R$ 375 e com igual alcance em termos de público.

Segundo Guedes, o Ministério da Saúde informou que toda a população adulta estará vacinada contra a covid-19 até outubro. Até que isso aconteça, o governo federal quer garantir a proteção dos vulneráveis — daí a necessidade da extensão do auxílio. Hoje, o auxílio contempla cerca de 39,1 milhões de brasileiros.

Leia também: “Governo vai estender auxílio emergencial ‘por dois ou três meses’, diz Guedes”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site