Bolsonaro anuncia medidas de apoio ao Acre

Cerca de 130 mil pessoas foram afetadas pelas enchentes que assolaram o Estado
-Publicidade-
Bolsonaro, acompanhado de ministros, anunciou medidas de socorro ao Acre
Bolsonaro, acompanhado de ministros, anunciou medidas de socorro ao Acre | Foto: Diego Gurgel/Ishoot/Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro visitou nesta quarta-feira, 24, o Acre. Nos últimos dias, o Estado foi afetado por enchentes que prejudicaram a vida de cerca de 130 mil pessoas. Bolsonaro, acompanhado de ministros, anunciou medidas de apoio à região, após sobrevoar as áreas inundadas. Na segunda-feira 22, o governador do Acre, Gladson Cameli, decretou estado de calamidade pública em dez cidades, em virtude das cheias. O decreto abrange Rio Branco, a capital do Estado, e os municípios de Cruzeiro do Sul, Feijó, Jordão, Mâncio Lima, Porto Walter, Rodrigues Alves, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Tarauacá. Além das cheias dos rios, o Acre enfrenta crise de saúde pública causada pela covid-19 e pelo surto de dengue.

Leia também: “Bolsonaro vai ao Congresso e entrega capitalização da Eletrobras”

Com informações da Agência Brasil

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.