Bolsonaro cria embaixada no Bahrein

Essa é a primeira embaixada autorizada pelo presidente
-Publicidade-
Vista de Manama, capital do Bahrein | Foto: Charles-Adrien Fournier/Unsplash
Vista de Manama, capital do Bahrein | Foto: Charles-Adrien Fournier/Unsplash

O governo federal anunciou a criação da Embaixada do Brasil em Manama, capital do Bahrein, no Oriente Médio. Até então, o Bahrein era representado, cumulativamente, pela Embaixada do Brasil no Kuwait.

De acordo com nota da Secretaria-Geral da Presidência, a abertura da embaixada contribuirá para a cooperação econômico-comercial entre os dois países e para a atração mútua de investimentos.

-Publicidade-

O decreto autorizando a criação foi assinado na quarta-feira 20. Essa é a primeira embaixada criada pelo governo Bolsonaro, após uma trajetória de redução de postos diplomáticos iniciada na gestão Michel Temer.

O Bahrein possui embaixada no Brasil, com sede em Brasília desde 2018. As relações diplomáticas entre os dois países se estabeleceram em 1974.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.