‘Bolsonaro da África’ será recebido no Planalto nesta terça-feira

Líder guineense é admirador do presidente brasileiro
-Publicidade-
Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló | Foto: Reprodução/Redes sociais
Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló | Foto: Reprodução/Redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro receberá na terça-feira 24 o presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, em cerimônia oficial no Palácio do Planalto. Em 28 de julho, o mandatário brasileiro classificou o colega como “Bolsonaro da África”.

O líder guineense é admirador de Bolsonaro e partilha com o brasileiro o passado militar. Desde que assumiu, a oposição faz duras críticas a Embaló.

Leia mais: “Eve, da Embraer, vai fornecer 100 ‘carros voadores’ para empresa de Singapura”

-Publicidade-

Na parte da tarde, Embaló visitará o Congresso Nacional. Na quarta-feira 25, ele terá um novo encontro com Bolsonaro, desta vez para participar das comemorações do Dia do Soldado.

A ex-colônia de Portugal é uma das nações mais pobres do mundo e é um dos nove integrantes da Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

Avião da FAB

Umaro Sissoco Embaló chega ao Brasil a bordo de um avião da Força Aérea Brasileira (FAB). Segundo o Itamaraty, esse tipo de deslocamento já aconteceu outras vezes com autoridades estrangeiras.

No caso do presidente da Guiné-Bissau, o órgão ressaltou os laços “culturais, históricos, linguísticos e de amizade” que o Brasil mantém com a ex-colônia portuguesa.

São Paulo e Rio de Janeiro

Embaló terminará a primeira parte da visita de quase uma semana ao Brasil com viagens a São Paulo, na quinta-feira 26, e ao Rio de Janeiro. na sexta-feira 27.

Na capital paulista, o presidente da Guiné-Bissau vai ao Museu da Língua Portuguesa e deverá ser recebido pelo governador João Doria (PSDB).

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro