Bolsonaro defende comércio sem ‘viés ideológico’

Presidente disse que o governo federal está empenhado na melhoria do ambiente de negócios e investimentos no Brasil
-Publicidade-

Presidente disse que o governo federal está empenhado na melhoria do ambiente de negócios e investimentos no Brasil

Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro | Foto: Marcos Corrêa/PR
-Publicidade-

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira, 12, que o comércio exterior feito sem “viés ideológico” é um “elemento chave para integrar” o Brasil na economia mundial.

Em participação gravada para o 39º Encontro Nacional de Comércio Exterior, Bolsonaro disse que, em razão disso, o governo federal está empenhado na melhoria do ambiente de negócios e investimentos no Brasil.

Leia mais: Fachin pressiona Aras por inquérito que implica Maia

“Estamos construindo um Brasil mais aberto, mais competitivo e mais próspero eliminando custos e removendo entraves para setor produtivo. A expansão do comércio exterior brasileiro desempenha papel fundamental nesse processo”, afirmou Bolsonaro.

O presidente citou o acordo entre Mercosul e União Europeia e afirmou que atualmente o governo negocia com outros parceiros, como Coreia do Sul, Cingapura e Canadá.

Concorrência no agronegócio

O presidente afirmou também ser preciso ficar “atento” à concorrência representada por outros países em relação agronegócio, que, segundo o presidente, “fará de tudo para conter” a participação brasileira no mercado internacional.

“O Brasil é altamente competitivo no agronegócio. Estejamos atentos à concorrência que fará de tudo para conter a nossa participação no mercado internacional”, disse.

Não é a primeira vez que Bolsonaro faz uma declaração nesse tom. Em outras ocasiões, o presidente já afirmou que o governo brasileiro sofre pressão por sua política ambiental porque países estrangeiros têm interesse em enfraquecer o agronegócio brasileiro.

Com informações do Estadão Conteúdo

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

  1. Não entendi isso daí. Negócios são negócios, agora, onde se encaixa viés ideológico nisso daí? O que os chineses estão querendo deste país, não são negócios como entendemos que são, estão querendo é a total dominação, submissão do país. Aí sim, entra ideologia da parte deles. Eles sempre foram um império desde a primeira das três dinastias, cerca de 2.200 a.C.! A atual dinastia se inicia nesses tempos atuais, tendo como seu primeiro imperador, Xi Jinping da dinastia Xixi… E eles não vão mudar.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site