Bolsonaro diz que inquéritos de Moraes sobre vazamento são ‘ilegais’ e ‘imorais’

Presidente elogiou pedido da PGR para arquivamento de investigação a seu respeito sobre dados eleitorais sigilosos
-Publicidade-
Moraes está à frente de inquérito do STF sobre vazamento de dados sigilosos da PF
Moraes está à frente de inquérito do STF sobre vazamento de dados sigilosos da PF | Foto: Carlos Moura/STF

O presidente Jair Bolsonaro (PL) comentou nesta terça-feira, 2, a ação da Procuradoria-Geral da República (PGR), que voltou a pedir que o Supremo Tribunal Federal (STF) arquive o inquérito do ministro Alexandre de Moraes sobre vazamento por sua parte de dados sigilosos de uma investigação da Polícia Federal (PF). As declarações foram dadas em entrevista à Rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul.

Bolsonaro elogiou a iniciativa vice-procuradora-geral, Lindôra Araújo, que na segunda-feira apontou que Alexandre de Moraes “contaminou” provas de uma investigação contra o presidente. A integrante da PGR, braço direito do procurador-geral, Augusto Aras, argumentou que o ministro do STF violou o sistema acusatório ao determinar novas medidas na apuração.

Nesta terça-feira, Bolsonaro disse que os inquéritos comandados por Moraes sobre o tema são “ilegais, imorais”. O presidente ainda afirmou que o pedido de arquivamento solicitado por Lindôra Araújo aconteceu porque a investigação “não tem fundamento”.

-Publicidade-

“São inquéritos completamente ilegais, imorais. É uma perseguição implacável por parte dele (Moraes). A gente sabe o lado dele”, disse Bolsonaro.

“Estamos jogando dentro das quatro linhas (da Constituição). Falei agora, na minha convenção lá no Rio de Janeiro, vamos pela última vez às ruas para mostrar àqueles surdos, poucos surdos, que o povo tem que ser o nosso norte. Essa população aí tem que ser respeitada”, acrescentou o presidente, em menção à convocação para atos de 7 de Setembro.

Bolsonaro investigado por Moraes

Em agosto de 2021, Jair Bolsonaro expôs nas redes sociais a íntegra de um inquérito da Polícia Federal, três anos antes, que apura suposto ataque ao sistema interno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Por lei, qualquer servidor público tem obrigação de proteger informações sigilosas, independentemente de hierarquia.

À época, os ministros do TSE enviaram uma notícia-crime endereçada a Alexandre de Moraes relatando a suposta conduta criminosa do presidente. Então o ministro do STF decidiu abrir um inquérito para investigar o caso.

Na entrevista desta terça-feira, Bolsonaro voltou a destacar as suspeitas sobre segurança do sistema eleitoral brasileiro, falando que a Polícia Federal tem indícios de atividades de hackers dentro de computadores do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Ficaram lá por oito meses”, disse o presidente.

Neste ano, o procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou em seu parecer que, mesmo que as informações tenham sido divulgadas pelo presidente de forma ‘distorcida’, não houve crime na conduta.

Já em um relatório preliminar encaminhado pela PF ao Supremo, no começo do ano, a delegada Denisse Ribeiro afirmou que reuniu elementos sobre a ‘atuação direta, voluntária e consciente’ do presidente ao divulgar informações sigilosas de uma investigação em andamento.

A delegada também apontou o envolvimento do deputado federal Filipe Barros (PSL-PR), que participou da live com o presidente em 2021, além do ajudante de ordens da Presidência, Mauro Cid, que, segundo a investigação, foi o responsável por divulgar o inquérito na internet.

“Quebraram o sigilo do meu ajudante de ordens. Isso não vou adjetivar aqui, que é um crime o que essa pessoa (Moraes) cometeu. O objetivo não é ajudante de ordens, é ver as mensagens que eu troco com ele, algumas confidenciais. Ele está fazendo tudo de errado, tudo de errado e, no meu entender, não vai ter sucesso no seu intento final”, concluiu Bolsonaro, na entrevista desta terça-feira.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

43 comentários Ver comentários

  1. Richard e importante que você seu oligofrenico repetidor de mantras esquerdoides e notícia enviesadas e fakes…PERMANEÇA AQUI.
    Afinal precisamos conhecer o inimigo conhecer seus argumentos esquizoides
    E, podermos após outubro dar o devido destino…Seu oligofrenico papagaio….
    E bom saber o nível baixo que enfrentamos…kkkkkk

    afinal precisamos

  2. os milicos capachos são mesmo uma piada…cada dia mais comprovam que só querem tumultuar o processo…eu comentei várias vezes que eles não foram testar o código-fonte enquanto esteve disponível e agora pedem ao Fachin acesso ao sistema em caráter urgentíssimo…é arruaça ou não? estão realmente querendo ajudar ao processo eleitoral ou ao miliciano corrupto? os mamateiros que ganham 100 mil pra escoltar motoqueiro vagabundo só querem bagunçar o país.

    Defesa pede ao TSE acesso ‘urgentíssimo’ a dados disponíveis há 10 meses.
    O ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira, solicitou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) acesso ao código-fonte dos sistemas eleitorais usados nas urnas eletrônicas. Em ofício enviado ao presidente da Corte Eleitoral, Edson Fachin, o militar pede que a disponibilização dos dados seja feita até 12 de agosto. O pedido foi considerado “urgentíssimo” por Nogueira, que cita o “exíguo tempo disponível” até o dia da votação. A solicitação foi feita dez meses depois de o TSE ter aberto o código-fonte das urnas às entidades fiscalizadoras, como as Forças Armadas. O TSE deverá responder o ofício em breve…. – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2022/08/02/ministro-da-defesa-pede-ao-tse-acesso-ao-codigo-fonte-das-urnas.htm?cmpid=copiaecola

  3. O que mais me causou espanto foi o TSE ter deletado tudo, hoje não tem como saber nada, mais tarde daqui alguns anos vão dizer que nunca existiu. Sigilo é uma coisa esconder a verdade é outra coisa.

  4. É lógico que Moraes quer procurar qualquer coisinha para tentar incriminar o Bolsonaro! Ele está fazendo o caminho inverso em processos criminais! Como Moraes não tem o objeto definido, ele está procurando algum indício pra acusar o presidente!

    1. e vc tem medo de que achem alguma coisa?
      porque a PGR não quer investigar? sabe quantos processos a PGR arquivou contra o miliciano? mais de 100…pesquise e comprove.
      para que serve uma PROCURADORIA que não “procura” os crimes e só manda arquivar? o PGR e sua vice estão comprados pelo miliciano…não investigam nada…por isso o STF tem que entrar no meio.

  5. Eu ainda não entendi porque o bobo da côrte assina essa revista? Será que é pra defender bandidos? Será que é pra nos convencer a votar no ladrão e sua quadrilha? Alguém tem alguma explicação?

    1. Um cara que segue o Uol,quer nos fazer acreditar que a mídia de segunda linha é um paradigma de insight e sabedoria. Uol faz adulação a qualquer um que se diz representante da esquerdalha. Vá beijar a b. do ogro.

      1. essa desculpa esfarrapada de fonte não cola…imaginar que tudo que sai na mídia é mentira é pura idiotice…quantos processos de fake news bolsonaro abriu contra os sites e jornais? NENHUM…já o miliciano todo dia inventa alguma coisa.

    2. Delio, quem defende bandido são vcs…o rei da rachadinha que está sentado no colo do centrão e colocando sigilo de 100 anos em tudo que tem corrupção no governo dele. eu não estou aqui pedindo voto pra ninguém…estou aqui para mostrar que vcs são hipócritas e cínicos…questionam a corrupção do PT e escondem a do boslonaro…dizem que são cidadãos de bem e apoiam um miliciano…dizem que são cristãos e apoiam um defensor da tortura e das armas.
      vote em quem vc quiser, o país é livre…mas não venham com papo de que são contra corrupção e que bolsonaro é honesto…isso não engana ninguém.
      vcs votam nele porque acham que política é igual futebol…é só torcida.
      não tem a menor idéia do que é ser cidadão…querem só ficar livre da vergonha de ter escolhido esse lixo defendendo qualquer coisa que ele faz…até mesmo o genocídio que matou milhares de apoiadores dele que se contaminaram nas aglomerações e morreram tomando cloroquina inútil…vcs são patéticos com esse fanatismo imbecil.

  6. O sistema presidencialista de governo não funciona porque dá poder demais para determinados poderes e agentes, como é o caso do ministro ALEXANDRE DE MORAES e do JUDICIÁRIO. Ninguém, numa democracia pode ter mais poder do que o POVO. Nenhum agente de poder poder ficar imune à vontade popular, da sociedade. No Brasil, temos distorções no SENADO, NA CÂMARA E NO JUDICIÁRIO, particularmente quando se observa que o ministro ALEXANDRE DE MORAES, dentre outros, pratica ilegalidades e abusos e nada acontece porque ele pertence ao poder que, supostamente, diria o que é certo e o que é errado. O sistema de investidura nos tribunais do judiciário brasileiro precisa ser modificado. Não podemos ter julgadores escolhidos por critério de politicagem barata.

    1. todos tem poderes iguais…se vcs acham que Moraes extrapolou em alguma coisa vcs deviam estar cobrando de quem pode pedir o impeachment dele, seus deputados e senadores da direita com o apoio do centrão.
      o problema é que vcs se aliaram a bandidos e eles não querem briga com judiciário né?
      então aceitem que dói menos.

  7. O inquérito não era sigiloso, isto é indiscutível… Porém e se fosse, queriam esconder do povo brasileiro que as urnas são violáveis… Queriam deixar o povo sem saber que alguém invadiu o sistema e ficou passeando lá dentro por 7 meses, é isso? Esse cabeça de ovo é do lado do crime…

    1. deixa de ser retardado…ninguém invadiu urnas…elas não se conectam à internet.
      o sistema invadido foi o administrativo que não tem nada a ver com eleições.
      se o hacker tivesse invadido para fraudar eleição é sinal de que era muito burro: o código fonte É PÚBLICO.
      o desta eleição ficou disponível 6 meses e seu miliciano de estimação não enviou ninguém para testar, até as FA que agora fazem barulho, recusaram o convite em nov21…pesquise e comprove.
      só ladainha para desviar do roubo no mec e na codevasf…vcs são manipulados e nem percebem.

    2. França…vc quer saber mais do que a delegada da PF que conduzia a investigação pra dizer é indiscutível? vc ao menos leu o relatório da PF para criar sua opinião ou só repete asneiras que ouviu…tome coragem e leia…a discussão é sobre sigilo de investigação e não sigilo judicial…vá estudar bozoloide.
      “Saliente-se, por oportuno, que o referido inquérito policial federal não restava abarcado por decisão judicial de sigilo, bem como não havia medida cautelar sigilosa em andamento, portanto, apresentava o sigilo relativo próprio dos procedimentos de investigação criminal”.
      https://noticias.r7.com/brasilia/corregedoria-da-pf-diz-que-inquerito-divulgado-por-bolsonaro-nao-estava-sob-sigilo-judicial-29062022

  8. o miliciano surtou de novo…um verdadeiro “democrata”…e depois diz que não atacou o STF e o ministro…haja cara de pau e hipocrisia.
    o tal ajudante de ordens deve ter muito a explicar mas a PGR e o corrupto das rachadinhas não querem investigação.

    1. E aí seu estúpido, burro pá kct, vai estudar e aprender alguma coisa, sugiro O Grande Olavo de Carvalho. Este país JAMAIS será a teta comunista que vc e seus amiguinhos vagabundos querem!

      1. Caçador…vc sofreu lavagem cerebral…tiraram a massa cinzenta e colocaram mingau.
        até hoje acreditando em Olavo de Carvalho? aquele que fugiu pra não ser preso pela PF? vá crescer pivete…volte pra escola…youtube não forma cidadão de bem não, só idiotas.

    1. vc não sabe a diferença entre sigilo judicial e sigilo funcional?
      todo processo que tem investigação na PF é sigiloso, ou vc quer que os bandidos saibam tudo que a PF está fazendo? nem pra raciocinar vcs servem…só querem defender o miliciano a qualquer custo, mesmo passando vergonha.

      1. De onde você tirou essa informação de que não existem inquéritos públicos ?

      2. Airton, veja abaixo e no link o que diz o relatório da PF.
        “Saliente-se, por oportuno, que o referido inquérito policial federal não restava abarcado por decisão judicial de sigilo, bem como não havia medida cautelar sigilosa em andamento, portanto, apresentava o sigilo relativo próprio dos procedimentos de investigação criminal”,
        https://noticias.r7.com/brasilia/corregedoria-da-pf-diz-que-inquerito-divulgado-por-bolsonaro-nao-estava-sob-sigilo-judicial-29062022

      3. Então, se não estava sob sigilo era público.

        Resta claro que o Bolsonaro não cometeu nenhum crime.

        Inquéritos somente são sigilosos se forem assim determinados por decisão judicial.

        Obrigado por esclarecer essa questão.

  9. ainda ninguém explicou: se foi lido pelo deputado aos seus colegas, como seria “sigiloso”. Como o Presidente poderia saber se o processo era sigiloso? Tem despacho no processo ou carimbo que trata o processo como sigiloso? Esá no site do STF os processos sob sigilo?

  10. Fosse um país sério…esse Moraes já estaria em cana. O cara se acha policial. Pior, acredita ele que é juiz, quando na realidade trata-se apenas de um advogadinho mequetrefe, nomeado (indicado) em cargo em comissão de Ministro do STF. E ainda tem jornalista ignorante chamando-o de juiz. Não passa de um advogadinho ditador, vagabundo e sem vergonha…

      1. Richard Jumentóide relinchante ! Não é a Polícia Federal inteira e sim uma delegada escolhida a dedo pelo cabeça de ovo

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.