Bolsonaro: Queiroga deve rebaixar status de pandemia até o fim do mês

Presidente também afirmou que 'não se justificam mais todos esses cuidados no tocante ao vírus'
-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Alan Santos/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, deverá mudar o status da covid-19 no Brasil “até o final deste mês”. A doença passará a ser considerada uma endemia em vez de pandemia.

No início do mês, Bolsonaro já havia antecipado que o ministro estudava mudar a classificação. Na ocasião, o Ministério da Saúde confirmou avaliar a medida em conjunto com outros ministérios e órgãos competentes.

-Publicidade-

“Ele já sinalizou há poucos dias que seria uma portaria dele, como definido em lei, [para] nós aqui sairmos da pandemia e entrarmos na endemia. Isso deve acontecer até o final deste mês. É isso que está sendo previsto pelo Ministério da Saúde”, afirmou Bolsonaro, em entrevista à TV Ponta Negra.

Bolsonaro fez referência a uma lei de 2020 que dá ao ministro da Saúde a prerrogativa de dispor sobre “a duração da situação de emergência de saúde pública” provocada pela covid.

A norma também determina que o titular da pasta tratará sobre as condições e os prazos aplicáveis às medidas de prevenção, como isolamento e uso obrigatório de máscaras.

Pandemia é a disseminação mundial de uma nova doença, e o termo passa a ser usado quando ela se espalha com transmissão sustentada de pessoa para pessoa.

Já endemia se refere a doenças recorrentes, frequentes em uma determinada região, mas que têm um impacto mais previsível no sistema de saúde. A dengue e a gripe, por exemplo, têm caráter endêmico no brasil.

Na entrevista, gravada na terça-feira e exibida nesta quarta-feira, 16, Bolsonaro afirmou que “não se justificam mais todos esses cuidados” em relação à covid-19.

“Todo mundo vê que praticamente acabou isso daí. Você vê no próprio Carnaval, nas praias, que o povo abandonou praticamente máscaras e outros cuidados. Porque, praticamente, chegou ao fim”, declarou.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.