Bolsonaro vai ao STF a convite de Fux e diz: ‘Estamos perfeitamente alinhados’

'Cada um se policiar dentro do seu poder no tocante aos limites', disse o presidente da República
-Publicidade-
Presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro foi nesta segunda-feira, 12, ao Supremo Tribunal Federal para uma reunião a convite do presidente da Corte, Luiz Fux. O encontro ocorreu depois de Bolsonaro afirmar que, caso o voto impresso auditável não seja implantado, não haverá eleições em 2022.

“Estamos perfeitamente alinhados, respeitosos para com a Constituição. Cada um se policiar dentro do seu poder no tocante aos limites. E nós do Poder Executivo não pretendemos sair desses limites, então essa foi basicamente a linha de conversação com o senhor ministro presidente Fux”, disse o presidente.  A conversa durou aproximadamente 20 minutos.

Leia mais: “Bolsonaro indica André Mendonça para ministro do STF”

-Publicidade-

“Convidei o presidente da República para uma conversa diante dos últimos acontecimentos, onde nós debatemos quão importante pra democracia brasileira é o respeito às instituições, os limites impostos pela Constituição Federal. O presidente entendeu, se utilizou até de um momento evangélico, ele gosta de orar diuturnamente, sobre perdão”, afirmou Fux.

Segundo o presidente do Supremo, ao final da reunião, ficou combinado uma reunião entre os Três Poderes para que seja fixadas “balizas sólidas para a democracia brasileira tendo em vista a estabilidade do nosso regime político”.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

21 comentários

  1. A fala do ministro dar a entender que o PRESIDENTE levou uma comida de rabo, praticamente uns puxões de orelhas, os postes mijam no cachorro a quase dois anos, parece que arrancaram as presas do nosso cachorro. Lamentável que um país todo apoie o PRESIDENTE e ele “nada” pode fazer.

    1. Concordo com você. O Presidente não deveria ter ido, Além do que, de acordo com a nota do Fux, o Bolsonaro pediu “perdão”. É uma pena.

      1. Não entendi assim. A não ser q vc esteja de sacanagem. Fux está com cagaço. Ele sabe que JB tem todos os meios para virar a mesa. Então foi tirar o dele da reta.

  2. Esperamos que Bolsonaro tenha sido claro o bastante com esses calhordas sobre o que será feito se o STF continuar boicotando o voto impresso auditável.

  3. O jogo é sórdido sabemos. A política para ser praticada aqui ou qualquer outro lugar dito “democratico” é uma dança de cadeiras. Bolsonaro tem de usar suas armas, não estou aqui dizendo literalmente, mas sim o poder que lhe foi conferido através do voto, assim há formas de caminhar neste lamaçal sem sujar as mãos, precisa ir tateando… Não é fácil passar por cima de algo construído desde o Governo FHC, não se enganem, não foi só o PT a criar este monstro incrustado em toda estrutura do Estado. A sacar 4 ministros do STF, sendo 2 indicados por Bolsonaro, todos os outros vieram das mãos da esquerda, seja a light (PSDB) seja a Petezada, e achar que não há alinhamento ideológico que se faça neutro por debaixo das togas é querer ser cego. Assim é muito mais ameno tratar o legislativo, e bater de frente com STF não será neste governo, mas sim a partir de 2023, daí mais 3 entram por indicação e as medidas se tornam mais equilibradas, lógico se não indicar frouxos, o que não parece o caso do Mendonça. De qualquer forma é um jogo de xadrez, tem de arriscar algumas vezes e não dá pra ficar recuando, mas é impressionante como a mídia podre é tendenciosa e infelizmente boa parte da população ainda acompanha uma folha, uma globo, etc… A de ter estômago

  4. Bolsonaro saiu do encontro com o rabo entre as pernas, fala merda pela boca toda hora tomou uma comida de rabo. Toma, vez se agora se enquadra. Um presidente tem que ser sutil, habilidoso e manter a liturgia do cargo mais importante da República e não a ficar a provocar ruptura das instituições. Inclusive saiu uma carta de 10 ex procuradores sobre as eleições com urna eletrônica, inclusive o Bolsonaro foi eleito presidente e 7 vezes deputados com esse sistema atual e uma discussão que precisa de tempo e audiências públicas e não de projeto a toque de caixa. Teremos eleições em 2024, aí sim o congresso terá tempo de discutir. A reforma tributária, administração pública, política estão a anos sem andar e não vejo o empenho de Bolsonaro para avançar. Vá trabalhar Bolsonaro!

    1. Pelo contrário, Bolsonaro quer trabalhar para fazer o país avançar. Os opositores que não querem o progresso do país, vide a CPI da pandemia, onde os verdadeiros corruptos que são alguns governadores e prefeitos, com desvios financeiros provados, estão sendo protegidos pelos ladrões da CPI, que fingem não ver. Tantas reformas para serem aprovadas no país e os opositores trabalhando contra.

  5. Bolsonaro deveria dar era uma boa banana para os canalhas do STF, isso sim. Nem deveria ter ido lá, eles é que deveriam respeitar a constituição, são uns moralistas da bunda suja.

  6. O que qualquer ministro atual do STF diz, promete, combina, acorda, acha ser o melhor, etc., É FAKE NEWS, é enrolação, é armadilha. Nenhum é confiável e mantém o que diz ou escreve. ACORDA PRESIDENTE, não caia nessa. Eles jogam fora das “quatro linhas “, apenas o Sr. Teima em manter-se dentro das regras.

  7. Porque ele Luiz Fux não foi ao Palacio? Se sente superior? Quem teve votos? Quem eh o maior mandatário do país? Bolsonaro, já está ficando muito tarde para se impor. Perdeu oportunidade .

    1. Fux não pode ir ao Palácio pq pega mal frente aos outros 10 urubus. Ele tem qy manter as aparências, e JB, como bom político que é tratou tudo antes pelo telefone.

  8. Já existe proposta ALTERNATIVA ao Voto Impresso que garante 95% de confiança ao resultado das eleições, com 1% de margem de erro e com custos mínimos, se forem adotados os procedimentos sugeridos nesse vídeo do Canal OBTJ -> https://youtu.be/ebVV0EldkOY. Nada mais é que um teste de integridade em tempo real a ser realizado no dia das eleições em apenas 2% das urnas. Essa ideia resolve toda a polêmica, lembrando que o próprio voto impresso pode ser fraudado. OUTRA VANTAGEM, não depende de Emenda Constitucional para ser aprovada, só de Lei.

  9. A conversa foi muito simples: As forças armadas jamais aceitarão Lula como comandante supremo. Simples assim. Então Fux que dê um jeito desse cara nem ser candidato. Querem apostar?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site