Bretas é punido por participar de evento com Bolsonaro

Decisão ocorre na semana seguinte em que foi deflagrada a Operação E$quema S, que atingiu escritórios de advocacia de parentes de magistrados
-Publicidade-
Rio de Janeiro - O juiz federal Marcelo da Costa Bretas recebe a Medalha Pedro Ernesto na Câmara Municipal  de Vereadores do Rio de Janeiro | Foto: FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL
Rio de Janeiro - O juiz federal Marcelo da Costa Bretas recebe a Medalha Pedro Ernesto na Câmara Municipal de Vereadores do Rio de Janeiro | Foto: FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL | Rio de Janeiro - O juiz federal Marcelo da Costa Bretas recebe a Medalha Pedro Ernesto na Câmara Municipal de Vereadores do Rio de Janeiro | Foto: FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL

Decisão ocorre na semana seguinte em que foi deflagrada a Operação E$quema S, que atingiu escritórios de advocacia de parentes de magistrados

bretas
O juiz federal Marcelo Bretas | Foto: FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL
-Publicidade-

O juiz da Lava Jato do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, foi punido pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região, com a pena de censura, por participar de um evento político ao lado do presidente Jair Bolsonaro. Conforme a Justiça, houve “superexposição e autopromoção” por parte do magistrado. Dessa forma, ele não poderá ser promovido pelo prazo de um ano. Além disso, o TRF-2 informou que não cabe recurso. O julgamento ocorre na semana seguinte em que foi deflagrada a Operação E$quema S, que atingiu escritórios de advocacia de parentes de magistrados, entre eles o presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins, e do ex-presidente do TRF-2 André Fontes.

Leia também: “Lava Jato chega a filho de ministro do STJ e se aproxima do Judiciário”

No processo disciplinar, os desembargadores sustentam que houve “negligência no cumprimento dos deveres do cargo, ou no de procedimento incorreto de Marcelo Bretas”. Em 15 de fevereiro deste ano, o juiz esteve ao lado da comitiva presidencial na inauguração de uma alça de acesso à Ponte Rio-Niterói. Ele também participou de um ato evangélico com Bolsonaro e Crivella, na praia de Botafogo, Zona Sul do Rio. Votaram pela censura os desembargadores Luiz Paulo Silva Araújo Filho, Sergio Schwaitzer, Poul Erik, Guilherme Calmon, Paulo Espirito Santo, Vera Lúcia Lima, Marcus Abraham, Simone Schreiber, Marcelo Granado e Alcides Martins.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comments

  1. Tá na cara que esses desembargadores estão jogando sujo, eles estão protegendo os corruptos amigos dos amigos dos bandidos.
    Esses parasitas não tem nenhum compromisso com a justiça, só pensam em proteger os ladrões em benefícios próprios afinal vocês sabem com quem estão falando?
    Com os integrantes da ORCRIM.
    Justiça Brasileira vergonha nacional.

  2. Ultimamente a sujeira envolvendo o judiciário está vindo a tona..Não ficaria incólume.à limpeza que o Brasil está passando..Haverá reação natural.no setor, como em todos os outros. Aguardemos.

  3. Quem lembra daquela foto d moro com Aécio. A mulher dele tem até
    Xom SOROS. Quantas fotos os magistrados do STF tem com o presidiário? Relembrando o caso da inauguração da alça da ponte Rio Niterói. O governo do estado sr. Futuro presidiário witzel, estava em guerra com o governo federal, e nenhum representante do executivo estadual foi autorizado a participar. Bretas compareceu como representante federal no estado. Mas retaliação não foi por isso, o q se trata é q Bretas partiu p dentro dos escritórios d advocacia do estado, q são ligados aos magistrados, inclusive tendo os seus filhos e parentes como sócios. Essa é a ponta do iceberg da lavatoga. A retaliação só serve como estímulo da certeza q Bretas está no caminho certo. Mesmo q o toffoli tenha mandado arquivar todo o processo do sistema “S”.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site