Câmara aprova medida provisória que recria o Ministério do Trabalho

Em julho, Onyx Lorenzoni deixou a Secretaria-Geral da Presidência para assumir o posto
-Publicidade-
Ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni | Foto: Marcos Corrêa/PR
Ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni | Foto: Marcos Corrêa/PR

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 16, uma medida provisória que recria o Ministério do Trabalho e Previdência. A matéria segue para o Senado.

Em julho, Onyx Lorenzoni deixou a Secretaria-Geral da Presidência para assumir o posto. Por se tratar de uma medida provisória, a decisão do presidente Jair Bolsonaro começou a valer imediatamente, mas precisa ser aprovada pelo Congresso.

-Publicidade-

Quando assumiu a presidência, Bolsonaro extinguiu a Pasta e incorporou sua estrutura ao Ministério da Economia, comandado pelo ministro Paulo Guedes.

Além de recriar o ministério, o texto também transfere secretarias da estrutura do Ministério da Economia para a nova pasta. Originalmente, o Ministério do Trabalho foi criado em 1930 pelo ex-presidente Getúlio Vargas.

Na semana passada, Lorenzoni pediu exoneração e retomou o cargo de deputado para tratar de emendas parlamentares. Ele deve voltar ao ministério em breve.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.