Câmara aprova projeto que suspende despejos durante a pandemia do coronavírus

Aprovada por 263 votos a 181, proposta segue para avaliação do Senado
-Publicidade-
Proibição de despejos durante a pandemia depende do Senado
Proibição de despejos durante a pandemia depende do Senado | Foto: Reprodução/Agência Câmara

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 18, um projeto que suspende até 31 de dezembro de 2021 a execução de ato ou decisão judicial, extrajudicial ou administrativa que imponha desocupação ou remoção coletiva de imóveis públicos ou privados. A proposta, aprovada por 263 votos a 181, segue para avaliação do Senado.

Pelo texto aprovado, a regra vale para imóveis urbanos e rurais que sirvam de moradia ou representem área produtiva pelo trabalho individual ou familiar. Segundo o relator, Camilo Capiberibe (PSB-AP), entre março de 2020 e fevereiro de 2021, cerca de 12 mil famílias foram atingidas com remoções forçadas.

Leia também: “Comissão que discute liberação de remédio à base de Cannabis é palco de bate-boca entre deputados”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários

  1. Alguém consegue ver a dimensão dessa votação?
    Na prática é a revogação da propriedade privada.
    Proprietários de imóveis vão pagar pelos desmandos e erros crassos de governadores e prefeitos durante a peste chinesa!

  2. É brincadeira…acabou a propriedade privada. E o investidor que vive de aluguel? Como fará para arcar com seus compromissos? É só o proprietário de imóveis que tem que arcar com o custo da pandemia? Porque não suspendem o pagamento dos planos de saúde, mercearia da esquina, etc. etc. Realmente, temos que colocar estes comunistas/socialistas com o dinheiro alheio para correr nas próximas eleições.

  3. Uma vergonha esse projeto de lei. O socialismo está valendo enquanto durar a pandemia, é isso mesmo? Para votarem as reformas essa gente não se mexe né!?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro