Câmara dá sinal verde ao projeto que torna permanente o Pronampe

Texto segue ao Senado
-Publicidade-
Benefício está perto de se tornar definitivo
Benefício está perto de se tornar definitivo | Foto: Divulgação/Agência Brasil

O Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) está perto de se tornar permanente. Na quarta-feira 5, a Câmara dos Deputados deu sinal verde ao projeto que viabiliza a possibilidade. O texto segue, agora, ao Senado. Criado em maio de 2020 para socorrer o mercado durante a epidemia de coronavírus, o Pronampe é voltado a microempresas com faturamento de até R$ 360 mil por ano e a pequenos negócios com rendimento anual de R$ 360 mil a R$ 4,8 milhões.

Há duas opções de crédito: 1) até 30% da receita bruta anual da empresa no ano, o que corresponde a, no máximo, R$ 108 mil para microempresas e a R$ 1,4 milhão para empresas de pequeno porte; 2) novas companhias, com menos de um ano de funcionamento, podem optar pelo que for mais vantajoso entre duas opções: o limite do empréstimo pode ser de até metade do capital social ou de até 30% a média do faturamento mensal — neste caso, a média é multiplicada por 12 no momento do cálculo.

Leia também: “O orçamento da insensatez”, artigo de Ubiratan Jorge Iorio publicado na Edição 55 da Revista Oeste

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.