CNJ abre investigação contra juíza que criticou o STF

'Desrespeito à ordem', argumentou corregedor do órgão

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Ludmila Lins Grilo é juíza do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) | Foto: Reprodução/Facebook
Ludmila Lins Grilo é juíza do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) | Foto: Reprodução/Facebook

O corregedor-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Luís Felipe Salomão, abriu uma investigação nesta quarta-feira, 21, contra a juíza Ludmila Lins Grilo, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Publicada pela GloboNews, a informação foi confirmada à Revista Oeste pela juíza.

Conforme o canal, o CNJ apura a conduta da magistrada, por ter participado de atos supostamente políticos, criticar decisões de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e divulgar canais do jornalista Allan dos Santos.

-Publicidade-

Por determinação do STF, perfis do jornalista estão bloqueados — ele é alvo do inquérito inconstitucional das fake news, movido pela Corte, assim como outros apoiadores do presidente, que estão na mira da investigação do STF. Portanto, compartilhar o conteúdo seria ir contra a lei, o que teria feito a magistrada.

Ao abrir a investigação contra a juíza por também criticar o STF, o CNJ sustentou que Ludmila “atacou” a Corte “com o propósito de externar juízo depreciativo sobre decisões proferidas por órgãos de cúpula do Judiciário”, postura que “pode ter violado deveres funcionais inerentes à magistratura”.

O corregedor do CNJ, ministro Luís Felipe Salomão, argumentou que, “além de aparentar desrespeito à ordem do Supremo, pode configurar até mesmo crimes tipificados no Código Penal”, sem mencionar quais os dispositivos violados.

Segundo a determinação do ministro, a conduta da juíza “pode, em princípio, ser violadora de deveres funcionais inerentes à magistratura, notadamente o de manter conduta irrepreensível na vida pública e particular”.

Leia também: “Violações patrocinadas pelo pretório excelso”, reportagem de Cristyan Costa publicada na Edição 130 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

45 comentários Ver comentários

  1. Aquele bando de gente, milhões de brasileiros reunidos no 7/9 e se esqueceram de deixar claro a necessidade mais premente para o país: impeachment e cadeia imediata para Alexandre de Moraes! Taí o resultado: o Estado policialesco permite que o demônio de Garanhuns chame o presidente de genocida, mas prende quem chama o cachaceiro corrupto de ladrão e ameaça e constrange procuradores e juízes de carreira que nomeiam a atual formação do STF pelo que ela realmente é: “casa da mãe Joana”.

  2. Não pode criticar o stf??? Que po… é essa??? Em que país estamos vivendo??? A juíza criticou os caminhos que o “supremo” está tomando, e daí??? Onde estes fdps estavam quando o pt e psdb aparelhavam toda a máquina, assaltavam o contribuinte, distribuíam nossa riqueza para ditaduras amigas fora daqui, comprometiam a educação infantil nas escolas com bobagens de ideologias comprovadamente falidas, etc … onde estavam estes fdps??? E detalhe, a Ludmila sim, é JUÍZA!!!

  3. Só quem não precisa de conduta ilibada e irrepreensível são os ministros do STF, que podem rasgar a constituição todos os dias, falar o que quiser e ser autoritário!

  4. ninguém pode criticar o STF que logo vem a perseguição. Quando veremos os ministros da toga sendo investados ,com apreensão dos seus celulares,e apreensão de sua contas bancárias,ale de proibir as sua redes sociais,com investigação de seus familiares. Isso seria democrático para mim

  5. MANDANDO A AUTORIDADE CATAR COQUINHO. ORA, ORA, SENHORES, É ASSIM QUE O JUDICIÁRIO BRASILEIRO E O CNJ QUEREM CONDUZIR AS QUESTÕES DE JUSTIÇA? PENSAM QUE ESTÃO INTIMIDANDO A QUEM? ORA, ORA, NUJNGUÉM PODE TER A PRETENSÃO DE SER A ÚNICA AUTORIDADE E A ÚNICA PESSOA A SER OBEDECIDA E RESPEITADA. UMA HORA ALGUÉM MANDA A AUTORIDADE CATAR COQUINHOS E AÍ QUERO VER QUEM VAI RESOLVER.

  6. Conto nos dedos os dias que faltam para Bolsonaro ser reeleito e em uma semana limpar a casa toda desta sujeira e que use as togas como pano de chão.

  7. Essas instituições carcomidas que vivem às custas de parasitar o povo brasileiro. Esse STF etoda a cúpula do judiciário não valem uma pinga ruim de botequim.

  8. Está feia a coisa. Ganhar no primeiro turno. Expurgar essa corja do STF no primeiro dia de Mandato. Daí prá frente somente Juízes de carreira com comprovada capacidade jurídica.

  9. Força, Juíza concursada Ludmila! Infelizmente tem gente que pendura uma melancia no pescoço e, quando nota os cochichos por onde passa, imagina orgulhosamente que são elogios.

  10. Essa juíza é uma boa profissional e não faz parte do tal “clubinho”. O relevante é que não aconteceu nada com o juiz que, no Rio de Janeiro, participou de uma manifestação política em um caminhão de som juntamente com sua esposa (a petista Márcia Tiburi). Pelo contrário, recebeu autorização para fazer uma pós graduação em Paris. Não sei se o afastamento é com prejuízo dos vencimentos. Parece que continua recebendo salário.

      1. Corrigindo: Se fez, foi decretado segredo de justiça.

    1. Olha quem está como juiz corregedor do CNJ , o ministro Luís Felipe Salomão, novamente vira com toda aquela contilena “blá , blá , blá , blá , blá … Então , os “deuses” do STF poder politizar , interferir nos outros poderes , rasgar a C.F , desrespeitar o povo e as leis vigentes , criar inquéritos de ofício , investigar , prender …..Que está tudo bem ??? Esse sujeito Luis Felipe Salomão , é só mais um cafajeste serviçal da esquerda podre 👍

      1. Segundo a Bíblia, Salomão foi um grande rei em Israel, conhecido por sua grandíssima sabedoria, riquezas e fama, mas também pela sua insensatez e más decisões no fim da vida.

  11. CNJ, O MAIOR DESRESPEITO É DO JUIZ QUE QUE CANCELA A CONSTITUIÇÃO FEDERAL PARA DAR UM JEITINHO PRA SEU APADRINHADO, A PARCIALIDADE QUE CRIA A INSEGURANÇA JURÍDICA, A INTERPRETAÇÃO TENDENCIOSA QUE TIRA A OBJETIVIDADE DAS LEIS.
    REFORMA E “RECICLAGEM” URGENTE NO JUDICIÁRIO BRASILEIRO.

  12. Este moço não assistiu o discurso do alexandre de moraes quando disse:
    “Quem não quer ser criticado, satirizado ou questionado não saia de casa e nem se habilite a cargo público.”
    Será outro xandão????

  13. Será preciso abrir investigação contra boa parte do povo brasileiro!!!!Neste país de hipócritas e covardes (leia-se Congresso Nacional) o STF/TSE/TCU, estão militando contra nosso presidente. Falar dessa turma é proibido, só aqui a Constituição existe só no papel ou como papel higiênico.

  14. Já que Juízes & Cia são omissos aos escancarados desmandos dos vários tribunais nacionais, uma JUÍZA, com letra maiúscula, vem em socorro a Constituição. Parabéns, meritíssima! Pessoas como a senhora fazem com que continuemos esperançosos.

  15. Punida por “atos supostamente” , políticos. Teria que punir a corte inteira do STF , que descaradamente apóia um candidato , com longa ficha criminal.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.