Com dinheiro público, partidos de esquerda vão financiar campanha pelo impeachment de Bolsonaro

Verba a ser utilizada pelas siglas é oriunda do Fundo Partidário
-Publicidade-
Gleisi Hoffmann é presidente do Partido dos Trabalhadores (PT)
Gleisi Hoffmann é presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) | Foto: Reprodução/Mídias sociais

Nove partidos de esquerda vão financiar a publicação de conteúdos para disseminar a campanha pelo impeachment do presidente da República, Jair Bolsonaro, convocando a população brasileira para as manifestações agendadas para 2 de outubro e 15 de novembro.

A iniciativa é encabeçada pelos presidentes do Cidadania (Roberto Freire), PCdoB (Luciana Santos), PDT (Carlos Lupi), PSB (Carlos Siqueira), Psol (Juliano Medeiros), PT (Gleisi Hoffmann), PV (José Luiz Penna), Rede (Wesley Diógenes) e Solidariedade (Paulinho da Força).

O grupo se reuniu na Câmara dos Deputados na manhã desta quarta-feira, 15, para discutir o tema. Participaram do encontro os deputados Alessandro Molon (PSB-RJ) e Marcelo Freixo (PSB-RJ).

-Publicidade-

Os recursos para financiar a campanha são oriundos das fundações partidárias, instituições financiadas sobretudo por recursos do Fundo Partidário — dinheiro dos pagadores de impostos usado para manter as legendas. No ano passado, as fundações receberam R$ 188 milhões em financiamento público.

Leia também: “Em 2021, partidos já receberam quase meio bilhão de reais do Fundo Partidário”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

25 comentários

  1. O povo mostrou nas ruas o que quer e me pareceu que não querem o impeachment do Presidente… só pareceu. Mesmo porque foram às ruas mais de 2 milhões de pessoas só em São Paulo. E desde quando podem utilizar dinheiro público para o fundo partidário fazer manifestação pro impeachment do Presidente, sendo que o povo não quer isso????? Que coisa esse pessoal não entendeu ainda??!!!!!

  2. A questão é saber se isso é legal ou não. Se for legal, então que gastem com essas iniciativas inúteis que só vão dar com os burros n’água, é problema deles.

  3. Partidos de esquerda, redutos de corruptos, alienados, desajustados e complexados.
    Núcleos onde o mando de campo é único e exclusivo deles, onde todas as prerrogativas e decisões também são deles, o que poderíamos esperar de diferente? Inteligência, honestidade, probidade, respeito ao dinheiro público, integridade, benefícios ao País?

  4. Mal terminei de ler e me deu ânsia de vômito! Como pode pessoas votar nesta corja? É para isto que o nosso dinheiro serve? Sendo utilizado para campanha! e na verdade estão nos roubando para derrubar o único Homem honesto da política? Tem muita coisa que precisa ser exterminada da política.

  5. Tem quem vote e eleja esse pessoal e assim a vida seguirá. Milhões dizendo o que querem e centenas insistindo na tese q n convence quase ninguém. Mais dinheiro público jogado na sarjeta pela ORCRIM que insiste em voltar ao poder.

  6. Revoltante! É só olhar quem está por trás desse absurdo pra gente já saber que boa coisa não é. Vão trabalhar pelo crescimento do país que é pra isso que vcs ganham, senhores deputados! Querem infernizar o povo? Tirem dinheiro do próprio bolso e não metam a mão grande no dinheiro público. Alguém tem que parar esses seres que envergonham a espécie humana.

  7. Sr Bolsonaro é cercado por uns deputados e senadores da base do governo de merda .
    Se Bolsonaro SONHAR em fazer isso com esse tipo de recurso 150 ou mais deputados e uns 30 senadores iriam ao TCU/TRE/ TSE/ STF com ações contra ,FORA pedidos de impeachment.

  8. Fundo Partidário e o recém criado Fundo Eleitoral Têm de acabar. DINHEIRO PÚBLICO É PARA SERVIR O PÚBLICO e não partidos políticos

  9. Ainda não engoliram e não engolirão a eleição de Bolsonaro. Só o povo na rua segura essa turma canalha, democratas de araque. A pergunta é: o fundo partidário é para isso? Se fôr “legal”, então estamos no vale tudo.

  10. tudo o que acusam o pessoal do bolsonaro e o povo que o apoia eles fizeram , estão fazendo e farão! uma vigarice cretina que de tão maluca tem colado… para os imbecilizados por eles mesmos… parte do povo já percebe e repudia tamanha maldade dessa inversão demoníaca!

  11. Lado bom: – ficarão todos muito bem marcados, na testa, que são “antidemocráticos” e traidores da Pátria! Comunismo precisa ser criminalizado no Brasil urgente!!

  12. Enquanto isso o corregedor geral do TSE Luis Felipe Salomão, nomeado ao cargo de ministro do superior tribunal de justiça pelo maior corrupto do País, vai investigar as manifestações do 7 de setembro.

  13. E saber que ainda há completos acéfalos e apologistas de bandido que votam nessa corja. Mas como dizia Paulo Francis: “A melhor propaganda anti-comunista é deixar um comunista falar.”

  14. Só gastança irresponsável. Coxa sabe que depois do enquadramento dos seus porta vozes, os novos meios, sempre ilícitos, para serem instrumentos de Zé Dirceu e a corja que não queremos por aqui, precisam ser reestudados. E não são os intelectuais que fazem parte desses grupelhos comunistas que têm estratégias de guerra, mesmo copiando dos chineses, que nos derrubarão.
    O poder mudou de mãos, e quem apoia esta governança que aí está vem se alistando no exército, que dará garantia para que o extermínio do comunismo no Brasil seja concluído em breve.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro