Coronavírus: Governo deve reduzir isolamento em algumas regiões

Ministério da Saúde pretende retomar gradualmente a circulação de pessoas e a atividade econômica
-Publicidade-

Ministério da Saúde pretende retomar gradualmente a circulação de pessoas e a atividade econômica

Fazer a economia girar é uma das principais preocupações do presidente Jair Bolsonaro | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
-Publicidade-

A partir de 13 de abril, o Ministério da Saúde vai flexibilizar o isolamento social em regiões que não comprometeram mais do que 50% da capacidade de atendimento instalada antes da pandemia de coronavírus. O anúncio foi feito ontem em coletiva de imprensa.

Segundo o secretário de vigilância da pasta, Wanderson de Oliveira, o distanciamento amplo nesses municípios deverá ser substituído pelo isolamento seletivo, voltado a proteger os grupos que correm mais riscos, como idosos e pessoas com doenças crônicas.

Portanto, o ministério pretende permitir a retomada gradual da circulação e da atividade econômica, uma das principais preocupações do presidente Jair Bolsonaro, que entrou em rota de colisão com governadores que endureceram as regras de distanciamento social.

Contudo, regiões com mais da metade da capacidade ocupada deverão manter as regras de isolamento amplo até que seus sistemas de saúde estejam providos de leitos, respiradores, testes, equipamentos de proteção e equipes de saúde suficientes.

Saiba mais

O Distanciamento Social Seletivo (DSS) é aquele no qual podem circular pessoas com menos de 60 anos e sem condições de elevar o risco de casos grave. Já o Distanciamento Social Ampliado (DSA), vulgarmente chamada de “quarentena para todos”, é uma diretriz em que a sociedade permanece isolada.

Por outro lado existe o lockdown, ou bloqueio total. Esse é o nível mais alto de segurança com distanciamento de todos os cidadãos e também um bloqueio total de todas as entradas do perímetro da cidade/estado/país por profissionais de segurança. Ninguém tem permissão de entrar ou sair.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site