Cotada para disputar o Senado por SP, Damares provoca Serra e Alcolumbre

Bolsonaro revelou preferência pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos para disputar uma cadeira por São Paulo

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, reagiu à declaração do presidente Jair Bolsonaro (PL) de que pretende lançá-la como candidata ao Senado por São Paulo.

Também existe a possibilidade que ela dispute pelo Amapá. Diante disso, a ministra aproveitou para ironizar o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) indicando que ele estaria aliviado por não precisar disputar com ela.

-Publicidade-

Damares brincou ainda com o senador José Serra (PSDB-SP) que, na postagem, mostra preocupação com a possível adversária pela vaga paulista ao Senado.

Em entrevistas à impresa do Amapá, Alcolumbre já manifestou interesse em concorrer novamente ao Senado. Serra tirou licença do cargo de senador em agosto do ano passado para tratar de mal de Parkinson.

Em outra postagem, a ministra, que já negou que tenha pretensões políticas no Congresso, disse que ama o Amapá e os “indiozinhos” do Estado.

Em entrevista ao programa “Os Pingos Nos Is”, da rádio Jovem Pan, Bolsonaro revelou ter convidado a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, para disputar o Senado pelo Estado de São Paulo.

“Eu posso adiantar uma possível senadora, possível, deixar bem claro, para São Paulo. Se quiser posso adiantar o nome dela, ministra Damares. Possível candidata ao Senado”, disse Bolsonaro, na quarta-feira 19.

O presidente esclareceu que o martelo não foi batido, pois a ministra ainda não se decidiu. Na semana passada, ele anunciou que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, “topou ser pré-candidato” ao governo paulista.

Na entrevista, disse que o ministro viu com bons olhos a possibilidade de Damares Alves disputar o senado pelo Estado. “O convite foi feito, o Tarcísio gostou desta possibilidade, conversei com a Damares e ela ainda não se decidiu”, declarou.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários Ver comentários

  1. Apesar de ser de outro estado, mas como patriota, prefiro que a Damares saia candidata pelo Amapá. Prestaria, como vem fazendo, um grande bem ao Brasil. Bolsonaro reeleito.

  2. Não vou dizer nada sobre essa mulher porque não a conheço. Não é porque subiu num pé de sabugueiro e que teve de lá, uma visão (ou visagem?) de Jesus Cristo. Isso para mim já é muito suspeito, quanto à sua sanidade mental. Enfim poderá concorrer por São Paulo ou pelo Amapá e nós, mineiros estamos livres desses “profetas-de-pé-de-sabugueiro” ou seja lá o que for.

  3. Ótima pelo Amapá e também excelente para São Paulo.
    Estamos pagando dois por um. Serra ficou em casa pela pandemia e desde agosto estamos pagando ele encostado e o José Anibal que assumiu o cargo.
    Serra ainda fala que quer ser o candidato, que vá dormir, fora serra, fora anibal, fora.

  4. Acho que seria mais conveniente e taticamente mais fácil que ela concorresse pelo Amapá, afinal precisa do quê (?), uns 30 mil votos! Por São Paulo a campanha é mais cara para obter os votos necessários. E o alcolumbre fez mais mal que o Serra!

    1. Concordo André.. além desse “álcool-deslumbre”…. há ainda o flutuante e saltitante senador DPVAT…. parceirinho do STF e da Odebrecht….!!!!!!!!!
      Damares – senado AMAPÁ!

  5. Damares deve se candidatar pelo Amapá, liquidava Alcolumbre, faria uma boa base conservadora no estado e nas próximas eleições com outro candidato forte mandava embora também o Randolfe. Dra. Ilse Yamaguchi, seria uma excelente opção conservadora em São Paulo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.