CPI da Covid: ex-secretário de Saúde do AM presta depoimento hoje

Marcellus Campêlo deixou o governo estadual depois de ser preso em operação da Polícia Federal por suspeita de desvios de dinheiro público
-Publicidade-
O ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campêllo (à esq.) e o governador do Estado, Wilson Lima, em entrevista coletiva em janeiro de 2021 | Foto: Reprodução/YouTube
O ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campêllo (à esq.) e o governador do Estado, Wilson Lima, em entrevista coletiva em janeiro de 2021 | Foto: Reprodução/YouTube

Marcellus Campêlo, ex-secretário estadual de Saúde do Amazonas, será ouvido nesta terça-feira, 15, pela Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19. Trata-se da primeira oitiva que mira a artilharia na direção dos Estados. Os senadores devem fazer perguntas sobre o destino do dinheiro enviado para o enfrentamento da epidemia de coronavírus e a morte de pacientes na capital Manaus por falta de oxigênio.

Até o último dia 7, Campêlo comandou a pasta, porém, pediu exoneração depois de ser preso temporariamente pela Polícia Federal, no âmbito da operação Sangria. Os agentes investigam se funcionários da Secretaria de Saúde amazonense firmaram contratos irregulares, com a finalidade de favorecer um grupo de empresários na construção do hospital de campanha Nilton Lins. O governador do Estado, Wilson Lima (PSC), fora alvo da ação.

Leia também: “O ataque do Covidão”, reportagem publicada na Edição 7 da Revista Oeste

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site