CPI da Covid ouve hoje suposto diretor da Precisa Medicamentos

Senadores querem esclarecer a relação da testemunha com o dono da empresa, Francisco Maximiano
-Publicidade-

Danilo Trento, sócio da Primarcial Holding e Participações, presta depoimento nesta quinta-feira, 23, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. Trento é apontado pela CPI como diretor da Precisa Medicamentos. Os senadores do colegiado querem esclarecer a relação do investigado com Francisco Maximiano, dono da Precisa, empresa que intermediou a compra da Covaxin junto ao laboratório indiano Bharat Biotech e o Ministério da Saúde.

Depois de denúncias de supostas irregularidades no contrato, o governo decidiu rescindi-lo. O Executivo não recebeu doses do produto, tampouco fez depósitos para a fabricante estrangeira. Conforme noticiou a Revista Oeste, o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso concedeu a Trento o direito de permanecer calado, com a finalidade de não se autoincriminar, além de poder se recusar a assinar termos na condição de testemunha.

-Publicidade-

Leia também: “A CPI virou um monstro”, artigo publicado na Edição 72 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Vejam como estão as coisas:
    O governo só rescindiu o contrato depois que a tal CPI denunciou o fato, como aliás, dizem os componentes do grupo G7 e essa revista está replicando.
    Em seguida diz: “O Executivo não recebeu doses do produto, tampouco fez depósitos para a fabricante estrangeira”. Ora pois, se o governo só rescindiu o contrato após a denúncia encaminhada pela CPI, então por suposto, também não recebeu doses do produto e tampouco pagou a Bharat Biomtech.
    O que eu entendi é que o governo Bolsonaro só não pagou à Bharat Biomtech porque a CPI denunciou a tramóia a tempo. É o que eu acho que essa revista está querendo dizer. Ou entendi errado?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.