De saída do STF, Marco Aurélio manifesta apoio a Mendonça e Aras

Os dois nomes são cotados para ocupar a vaga de ministro da Corte
-Publicidade-
O decano deixará a toga em 12 julho
O decano deixará a toga em 12 julho | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O decano do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, participou de sua última sessão como ministro da Corte. Em 12 de julho, o magistrado vai se aposentar e o presidente Jair Bolsonaro escolherá o substituto. Dois nomes são cotados para ocupar a vaga: o advogado-geral da União (AGU), André Mendonça, e o procurador-geral da República, Augusto Aras. Ambos agradam a Marco Aurélio.

“Tem minha torcida”, disse o juiz do STF, ao se referir ao AGU. “O que disse em relação ao doutor André, falo quanto ao doutor Augusto Aras. Seria uma honra para mim muito grande vê-lo ocupando a cadeira que deixo no Supremo”, acrescentou Marco Aurélio. Tanto Aras quanto Mendonça fizeram menções à carreira do decano, que teria honrado o Judiciário em 31 anos e deixado um legado de competência.

Leia também: “As falhas e os culpados no caso da libertação de André do Rap”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site