Deputado quer dar ao Congresso o poder de decidir sobre empréstimos do BNDES

Segundo Daniel Freitas (PL-SC), o Brasil deve ser prioridade nos investimentos

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
PEC apresentada pelo deputado Daniel Freitas (PL-SC) quer mudar maneira como o BNDES financia obras no exterior | Foto: Reprodução/Rumble
PEC apresentada pelo deputado Daniel Freitas (PL-SC) quer mudar maneira como o BNDES financia obras no exterior | Foto: Reprodução/Rumble

O objetivo do deputado federal Daniel Freitas (PL-SC) no início de 2023 é conseguir as 171 assinaturas necessárias para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que dá ao Congresso Nacional o poder de decidir se o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deve financiar obras internacionais.

Em entrevista ao programa Oeste Sem Filtro nesta quinta-feira, 26, o parlamentar disse que não concorda com a quantidade de recursos públicos empregados em obras em países ideologicamente alinhados ao governo petista.

-Publicidade-

Atualmente, os financiamentos são determinados exclusivamente pela administração direta do governo federal, que estabelece as operações, os países que serão beneficiados e as principais condições do financiamento, além do prazo e da equalização da taxa de juros e seguros que podem ser prejudiciais ao país que está cedendo o dinheiro.

Para Freitas, a prioridade de investimentos é o Brasil. E, caso outros recursos estejam disponíveis, os financiamentos podem ser debatidos. “Se tivermos garantidos os nossos recursos para ampliações de obras aqui no Brasil, em primeiro lugar”, ressalvou o deputado.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

16 comentários Ver comentários

  1. É necessário um esforço dos parlamentares que amam este país no sentido de bloquear o financiamento para construção do gasoduto na Argentina com nosso dinheiro. O Brasil cheio de problemas e o novo presidente querendo agradar os hermanos.as ferrovias estão aí aguardando verba para terminar as obras, a exemplo da FIOL.

  2. Este é um deputado que me representa. 3 pontos :
    1 – BNDE deve financiar apenas obras no Brasil
    2 – Se sobrar algum dinheiro, reduzir impostos.
    3 -Estamos com centenas de obras paradas para concluir. S´
    Só nestes 3 pontos, já vale a pena do BNDE existir.

  3. Seria a solução correta, precisa ver se consegue as assinaturas, e em conseguindo se o presidente do senado pauta a emenda para votação, se for o Pachego é claro que não.

  4. Eh VERGONHOSO e INACEITÁVEL ver o Brasil, soterrado em necessidades, investir recursos dos cidadão em outros países, ainda mais esses que o PT com o canalha-mor querem investir. Esse imbecil do Fernandez, que não sabe administrar nem uma lojinha de 1,99 e passou a pandemia criticando o Brasil onde lutamos por manter tudo aberto, geramos empregos e recursos, agora vem querer por a mão no nosso bolso. Não passo de outro esquerdista tão despreparado quanto o cachaceiro que temos aqui. De dar NOJO.

  5. Deputado Daniel parabéns, acho um absurdo só uma pessoa decidir sobre dinheiro( separa os países que apoiam ele e nunca em benefício do país) Cuba pós como garantia charutos….estou voltando a acreditar no Brasil…com um congresso e senado que trabalhe para o bem do povo e não para si próprio ou fortalecer seu partido

  6. Parabéns!!!!
    Mas estou surpreso de isto ainda não ser desta forma ! Estava ouvindo este presidente posto na presidência pelo TSE , prometendo, de novo, financiar tudo para os amigos cleptomarxnarcoditadores caloteiros, mas achava que já tinha
    sido aprovado uma lei que pussesse freio nisto !!!! Rogo a Deus que seja aprovado este freio !!!
    Se for , Mula entregará a presidencia. Pois não fará mais sentido estar lá.

  7. Correto. Mesmo querendo se vingar, um presidente não pode ter poder sobre nenhum dinheiro. Já ganha casa, comida e transporte sem nenhum investimento pessoal. Esse dinheiro de impostos só deve ser aplicado no Brasil. Existem outros bancos privados que podem ajudar o descondenado…

  8. O deputado está correto e a há muito há deveria ter esse vedação, do presidente mandar o dinheiro dos brasileiros para outro país. Devia ter mais um pouco de consciência, porque o nordeste brasileiro, que criou toda essa desgraça, elegendo uma pessoa dessa, está precisando de investimento em todas as área.

    1. Com toda certeza, eu acreditava que quem teria autonomia para a aplicação do nosso dinheiro deveria ser e sempre ter a anuência do congresso. O BNDES foi criado para o desenvolvimento social do nosso país e não para financiar ditaduras “amigas”(sic) do dilmo e sua quadrilha e a seu bel prazer e interesses escusos…
      Parabéns ao nobre deputado Daniel Freitas pela iniciativa patriótica de aprovar esse “freio” a esses desmandos e falcatruas dessa esquerdalha que não é a proprietária de nossos fundos de investimentos, além do mais há muita coisa a serem realizadas em nosso país…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.