Deputados criticam uso de fundo partidário para salário de condenados na Lava Jato

Nesta terça, Oeste revelou que ex-presidente Lula passou a ganhar R$ 20,4 mil; Vaccari recebeu indenização de R$ 66 mil do PT
-Publicidade-
Deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS)
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS) Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Nesta terça, Oeste revelou que ex-presidente Lula passou a ganhar R$ 20,4 mil; Vaccari recebeu indenização de R$ 66 mil do PT

Integrantes da Câmara criticaram a postura do PT em arcar com fundo partidário o salário de integrantes que foram condenados ou estão enrolados com a Justiça. Nesta terça-feira, 14, Oeste revelou que o ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva começou a receber, desde janeiro, salário de R$ 20,4 mil com dinheiro do fundo partidário.

-Publicidade-

EXCLUSIVO: Oeste revela salários de Lula, Gilberto Carvalho e Vaccari

Além de Lula, o PT também paga, com dinheiro do mesmo fundo, o sustento de outros integrantes do partido enrolados com a Justiça: o ex-ministro Gilberto Carvalho (réu na Operação Zelotes) e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Netto (também condenado na Lava Jato). Carvalho recebe R$ 14,7 mil do partido por mês. Vaccari recebeu R$ 66 mil desde o fim do ano passado a título de “verbas indenizatórias”.

Os dados constam na prestação parcial de contas do PT apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Deputados ouvidos por Oeste afirmaram que esse é mais um exemplo da falta de fiscalização e zelo no uso do dinheiro público. “Isso é vergonhoso. Pior é que parte de gente que se diz idealista. Eles estão com os bolsos cheios de ideologia”, ironizou o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP).

O deputado Bibo Nunes (PSL-RS) foi além e sugeriu que o PT deveria ser punido por conta dessa atitude. “Creio que o PT deveria ser penalizado perdendo o fundo partidário por um ano. Eles roubam até do fundo partidário para locupletar seus companheiros. Sendo do PT, não surpreende”, apontou o parlamentar.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Continuam a ser como sempre:PARASITAS. Sindicalísticas, que se portam como tais. Roubam, tomam e se locupletam com dinheiro alheio. Se julgam melhores e, de certa forma são, pois contam com o beneplácito de nossas leis, tribunais e tantos que também se aproveitam do dinheiro publico, sem o minimo pudor. Assim seremos, até que uma hecatombe monumental de respeito, dignidade e moral chegue em nosso país.

  2. Nada que vem do PT de forma ilegal, me surpreende mais. Afinal, a tão falada ideologia petista, que atraiu milhões de seguidores, era uma forma de arrebanhar e enganar pessoas que não tinham condição de saber o real objetivo do partido. As sujeiras que foram encontradas não são mostradas pela imprensa, que esconde os erros dos bandidos e não divulga os acertos dos que, ao contrário, amam o Brasil.

  3. De que vale a justiça brasileira? Ou não entendemos nada, esta classe média que detestam, e ficamos só especulando, atrapalhando, mentindo e sacaneando essa cabanda, via Zapp e outros facilitadores que não deveriam ter sido apresentados a nós, trapalhões? Passamos 31.03 sem qq alento. Que venha a próxima terça-feira, data definitiva para a “derrama”, acabando com a escravidão econômica a que nos submeteram. Que venham as FFAA. Ou seremos obrigados a reeditar a MARCHA DAS FAMÍLIAS? Bandidos. De toga ou não!!!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site