Desaceleração da covid-19, vetos, Biden: o resumo da semana

Veja o resumo de Oeste sobre os principais fatos desta semana
-Publicidade-
Bolsonaro foi ao Rio Grande do Norte para entregar unidades habitacionais | Foto: Isac Nóbrega/PR
Bolsonaro foi ao Rio Grande do Norte para entregar unidades habitacionais | Foto: Isac Nóbrega/PR | fatos

Confira os principais acontecimentos

fatos
Bolsonaro foi ao Rio Grande do Norte para entregar unidades habitacionais | Foto: Isac Nóbrega/PR
-Publicidade-

Na segunda-feira 17, funcionários dos Correios iniciaram uma greve por tempo indeterminado. Na edição desta semana, Oeste trouxe um artigo assinado por Dagomir Marquezi em que o colunista se debruça sobre o caso. Ainda relacionado à empresa, o governo prometeu encaminhar ao Congresso um projeto que dá fim ao monopólio dos Correios na prestação de serviços postais.

Na quarta-feira 19, uma pesquisa da universidade Imperial College, de Londres, mostrou que a taxa de transmissão do coronavírus no Brasil desacelerou pela primeira vez desde abril. Como Oeste mostrou, o número de mortes não cresceu em pelo menos 20 Estados do país. Na sexta 21, São Paulo não tinha nenhuma região na fase vermelha da reabertura.

A discussão sobre o veto do presidente Jair Bolsonaro que barrava reajuste salarial para categorias do funcionalismo chacoalhou o Congresso Nacional. Na quarta 19, senadores derrubaram o veto, o que pegou o Palácio do Planalto de surpresa. A repercussão foi imediata. No dia seguinte, o governo movimentou-se para que o veto fosse mantido na Câmara dos Deputados.

Depois de uma articulação entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), o governo conseguiu reverter a votação dos senadores. Empolgado, o presidente Jair Bolsonaro comemorou a manutenção do veto e chamou os congressistas de “sócios”.

As declarações de Bolsonaro foram dadas na sexta 21 durante viagem a Mossoró, no Rio Grande do Norte, para entregar unidades habitacionais a pessoas de baixa renda. Ainda nessa agenda, o presidente anunciou que o auxílio emergencial será garantido até o mês de dezembro. O valor agora é discutido pela equipe econômica.

No cenário internacional, a semana foi marcada pela prisão de Steve Bannon, ex-estrategista do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Além disso, Joe Biden foi oficializado como candidato democrata à Presidência dos EUANa convenção, Barack Obama discursou a favor do partidário. Veja também o artigo da colunista Ana Paula Henkel sobre Biden.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site