Preso por tráfico de drogas toma posse como vereador

"Democracia foi feita", comemora o parlamentar-presidiário
-Publicidade-
Diogo Canata: presidiário e vereador
Diogo Canata: presidiário e vereador | Foto: Reprodução/RIC

Um presidiário foi — legalmente — empossado como vereador em cidade do interior do Paraná. Detido desde julho de 2020 por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, Diogo Canata (PL) ganhou o direito de permanecer como membro do Poder Legislativo de Alvorada do Sul (PR). Com decisão favorável junto à Justiça, ele contou com evento de posse realizada na quarta-feira 13 diretamente do presídio localizado na vizinha Bela Vista do Paraíso (PR).

Leia mais: “Deputados federais trabalharam 6 vezes menos em 2020”

Mesmo preso, Canata havia conquistado o direito de participar das eleições 2020. Saiu vitorioso da urna e, assim, conquistou o direito de cumprir seu terceiro mandato consecutivo como vereador de Alvorada do Sul, pois já havia sido eleito em 2012 e 2016. No pleito do ano passado, quando declarou à Justiça Eleitoral ter o equivalente a R$ 82,5 mil em bens, ele recebeu 251 votos. Dessa forma, foi o quarto candidato mais bem votado no município paranaense.

-Publicidade-

“Está aí, demonstrado, que a democracia foi feita”

Preso, mas com status de vereador, o integrante do Partido Liberal comemorou a posse. Aproveitou para elogiar o sistema democrático brasileiro. “Sou vereador há três mandatos. Eu fiz um trabalho muito bom no município e eu sempre contribuí para a população”, afirmou em contato com a emissora TV Tarobá, afiliada à Rede Bandeirantes no Paraná. “Está aí, demonstrado, que a democracia foi feita. A população tem o direito de votar e me elegeu”, afirmou o político.

Alvo do Ministério Público

Empossado para o seu terceiro mandato como vereador, Diogo Canata seguirá detido. Isso porque ele foi preso após ter se tornado alvo de operação liderada pelo Ministério Público do Paraná. Conforme consta na denúncia apresentada pelos promotores, ele atuaria como chefe do tráfico de drogas em Alvorada do Sul. De acordo com o site RIC Mais, o político foi flagrado com armas e mais de 30 quilos de crack.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. O que me preocupa não é o que tomou posse na cadeia, mas sim os demais, que estão em liberdade. Ironias a parte, enquanto não investirmos em educação, conscientização política e deveres cívicos, será cada vez mais comum uma notícia dessas.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.