Doria ataca Lula e Bolsonaro e afirma que trouxe vacina para o Brasil

No primeiro discurso depois de vitória nas prévias, candidato tucano chama presidente de 'genocida' e cita corrupção do PT
-Publicidade-
João Doria, governador de São Paulo, venceu as prévias e disputará o  Planalto
João Doria, governador de São Paulo, venceu as prévias e disputará o Planalto | Foto: Fátima Meira/Estadão Conteúdo

Escolhido candidato do PSDB à Presidência da República em 2022, o governador de São Paulo, João Doria, antecipou o tom do discurso que adotará na campanha depois de vencer as prévias tucanas neste sábado, 27.

Doria fez duros ataques ao presidente Jair Bolsonaro e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que aparecem bem à frente dos demais possíveis adversários na corrida pelo Palácio do Planalto.

Ele também fez referência a nomes históricos do PSDB e afirmou que sua gestão em São Paulo “trouxe a vacina” contra a covid-19 ao Brasil.

-Publicidade-

“Trouxemos vacina para os brasileiros, que foi negligenciada pelo governo federal. Esse governo genocida é responsável por uma parcela desses 600 mil brasileiros que perderam suas vidas”, afirmou Doria no discurso da vitória. “Bolsonaro vendeu um sonho e entregou um pesadelo. O país se transformou no Brasil da discórdia, da desunião e do conflito.”

Sobrou também para Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff (PT). “Os governos Lula e Dilma representaram a captura do Estado. Não esqueço isso”, disse o governador paulista.

“Lula, se prepare nos debates porque vou cobrar isso de você e daqueles que, como você, roubaram dinheiro público do Brasil”, prosseguiu Doria. “Os brasileiros não esquecem o que aconteceu no Brasil durante seu governo.”

Segundo o tucano, o país está preso “em uma armadilha, um círculo vicioso e danoso”. Doria classificou Lula e Bolsonaro como “populistas e extremistas de esquerda e de direita que se unem para amordaçar a imprensa e emparedar as oposições”.

Tributo ao PSDB

Em seu pronunciamento, o agora candidato do PSDB ao Planalto citou nomes históricos do partido, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o senador José Serra (SP) e os ex-governadores Mário Covas e Geraldo Alckmin — este ultimo, hoje seu desafeto, está de saída do PSDB.

“Temos que resgatar o Brasil de FHC, do plano de estabilização da economia, do combate à inflação, da responsabilidade fiscal”, disse Doria. “As bases estão todas aqui no nosso partido, fruto da excelência dos nossos quadros.”

‘Todos são vitoriosos’

Doria também fez questão de cumprimentar os dois candidatos derrotados nas prévias — Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, e Arthur Virgílio, ex-prefeito de Manaus.

“Nessas prévias não há nenhum derrotado. Todos são vitoriosos”, afirmou. “O PSDB sai fortalecido das prévias. É o único partido que promoveu um amplo processo democrático, o único a consultar suas bases sobre quem deveria liderar o processo de mudança no Brasil.”

De acordo com o governador de São Paulo, o partido está “unido na construção do melhor projeto para o Brasil”.

Eduardo Leite

Segundo colocado nas prévias, com cerca de 45% dos votos, Eduardo Leite não disfarçou o abatimento, mas parabenizou Doria e defendeu a união do PSDB. “Eu não quero ser omisso. O que me realiza é saber que eu fiz a minha parte: eu me apresentei e lutei o bom combate”, afirmou.

“Fui lançado por um grupo de pessoas que me buscou, acompanhando o trabalho que eu faço no Rio Grande do Sul”, continuou Leite. “Percorremos o Brasil falando sobre a possibilidade de fazermos política com firmeza e convicção, de um lado, mas com diálogo e respeito, pelo outro.”

Para o governador do Rio Grande do Sul, “o PSDB é a grande força política que tem capacidade para formar o centro democrático e furar essa polarização inútil”.

Arthur Virgílio

Último colocado nas prévias tucanas, com cerca de 1% dos votos, Arthur Virgílio fez um discurso em tom emocionado, em que quase chegou às lágrimas. Ele elogiou Doria e Leite e disse que o PSDB precisa se afastar definitivamente do governo Bolsonaro.

“Vamos ter que romper qualquer laço do PSDB com o bolsonarismo. Não tem circunstância nenhuma que valha isso”, afirmou. 

O ex-prefeito de Manaus indicou apoio à pretensão presidencial de Eduardo Leite no futuro, talvez em 2026. “Eduardo mostrou muita sensibilidade política e juntou uma frente muito poderosa, com pessoas que são importantes para o partido”, afirmou. “Vamos pensar, João, em preparar o Eduardo para ser o seu sucessor”, completou, dirigindo-se a Doria. 

Leia também: “A disputa pelo terceiro lugar”, reportagem de Silvio Navarro publicada na Edição 88 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

26 comentários Ver comentários

  1. PDT, PSOL, PCdoB, PT, PSDB podem botar aí todo o tipo de marginal que nós agradecemos. Pergunte ao datarôlha: Bolsonaro hoje, não é Reinaldo Azevedo? Tem somente 10% de intensão de votos.
    MAS NINGUÉM SE ATREVE A ATRAVESSAR A AVENIDA.
    É como ministro de STF tentando passar desapercebido em aeroporto!!!

  2. A poderosa Xinovac do Doria foi tão boa. Pena que os mortos não possam estar aqui para falarem por si. Só do que li, 5 ou 6 idosos em asilo no Paraná e ainda Tarcísio Meira que não resistiu, mesmo já vacinado com as 2 doses. Realmente, candidato. E o bla bla bla contra Lula vai acabar em tadinha nas costas. Sabemos que é traiçoeiro.

  3. O SITE UOL QUE É PARCEIRO DA ESQUERDALHA CAVIAR E CORRUPTA AINDA TENTA ALIVIAR, MAS NÃO CONSEGUE MAIS MENTIR SOBRE A CHING LING DO CALCINHA APERTADA QUE VACINOU A POPULAÇÃO DE SERRANA.
    E ELE AINDA FAZ DISCURSO DIZENDO QUE: ““Trouxemos vacina para os brasileiros, que foi negligenciada pelo governo federal. Esse governo genocida é responsável por uma parcela desses 600 mil brasileiros que perderam suas vidas”, afirmou Doria no discurso da vitória. “Bolsonaro vendeu um sonho e entregou um pesadelo. O país se transformou no Brasil da discórdia, da desunião e do conflito.”
    https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2021/11/28/serrana-covid-brasil-pandemia.htm
    OS PAULISTAS JAMAIS CAIRÃO NESTE ENGODO NOVAMENTE.

  4. Eu sabia que Dória era um picareta, mesmo quando votei nele duas vezes (para evitar males maiores). Mas nunca imaginei que fosse tanto.

      1. Longe disso mocinha revoltada. Quanto a você, certamente é um mortadela enrustido.

      2. Quando digo que esse cara é arrogante ele não gosta. Quando leio comentários de pessoas que entendem das coisas, meu conhecimento melhora, porém quando leio comentários de pessoas que acham que sabem das coisas, como os desse Velloso, fico estarrecido.

  5. Os concorrentes do Doria para a disputa a presidencia agradecem ao PSDB pela escolha. Em 2023 Doria ficará de fora da vida pública.

  6. Agora é muito simples: Saia de casa e vem para a rua. Concorda? Será ovacionado mais uma vez, como foi na Bahia. Aumente bem a segurança, Calcinha Apertada, pois em outros estados não terá o apoio da PMSP.

  7. Esse incompetente demagogo e mentiroso nunca terá o meu voto !Chega de tucanos e petistas que já provaram que não querem o melhor para os brasileiros !

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.