-Publicidade-

Doria insiste na CoronaVac e tenta intimidar Bolsonaro

"Se não houver recuo, sabemos quais medidas poderão ser adotadas", afirmou o governador de São Paulo
Depois de inúmeras críticas ao governo Bolsonaro, gestão Doria agora diz que ministério da Saúde deve liberar recursos para vacina chinesa comprada pelo governador paulista porque ela é 'apolítica' | Foto: Governo de São Paulo
Depois de inúmeras críticas ao governo Bolsonaro, gestão Doria agora diz que ministério da Saúde deve liberar recursos para vacina chinesa comprada pelo governador paulista porque ela é 'apolítica' | Foto: Governo de São Paulo | coronavac, recursos, governo de são paulo, vacina, covid-19, jair bolsonaro, eduardo pazuello, ministério da saúde, vacina de oxford

“Se não houver recuo, sabemos quais medidas poderão ser adotadas”, afirmou o governador de São Paulo

coronavac, recursos, governo de são paulo, vacina, covid-19, jair bolsonaro, eduardo pazuello, ministério da saúde, vacina de oxford
Bolsonaro reafirmou que não vai adquirir o imunizante chinês | Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que vai aguardar até amanhã um recuo do Palácio do Planalto acerca da compra da Coronavac. Contudo, caso o presidente Jair Bolsonaro não se posicione, adotará medidas cabíveis para garantir o fornecimento da vacina. “[Eu e os governadores esperaremos] 48 horas. Se até sexta-feira não houver nenhuma medida de recuo por parte do governo federal para fazer o que deve fazer: apoiar as vacinas, inclusive a do Butantan. Nós sabemos quais medidas poderão ser adotadas. Seja por São Paulo, seja pelos governadores, que estão entristecidos, para não dizer frustrados”, declarou Doria, em entrevista coletiva, na noite da quarta-feira 21.

Conforme noticiou Oeste, Bolsonaro reafirmou que não vai adquirir o imunizante chinês. “Qualquer vacina, antes de ser disponibilizada à população, deverá ser comprovada cientificamente pelo Ministério da Saúde e certificada pela Anvisa”, escreveu o presidente da República, nas redes sociais. Além disso, o Ministério da Saúde, que havia sinalizado intenção de adquirir 46 milhões de doses da Coronavac, emitiu um documento segundo o qual não tem interesse de encomendar a mercadoria. No texto, a pasta garante que houve uma interpretação equivocada sobre a fala do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, relacionada à vacina do país asiático.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

15 comentários

  1. O engomadinho está tentando emparedar o goveno federal com uma proposta (ainda não está pronto para uso) de um pseudo imunizante com 35% de efeitos colaterais….
    Nao tomo essa porcaria de jeito nenhum…. a ciência dos países livres é plenamente capaz de fazer algo melhor que isso….

  2. O Dória é um covarde, sempre se “encostando” em outros políticos, nesse caso governadores corruptos e da oposição, para atacar o governo. Não fez nada por SP como prefeito, presta um desserviço como governador e, para piorar, ataca o governo atual gerando instabilidade e picuinhas. Claro que seu objetivo é receber a “comissão”’pela compra da vacina chinesa, se é que já não recebeu, desestabilizar o governo e vender o Brasil, a começar por SP, para o partido comunista chinês.

  3. Pro Ditadoria estar insistindo tanto na compra da vacina chinesa, é por que tem jaba envolvido.
    Não acredito em nada que o docinho fala, traidor, mentiroso, comunista, e ditador.
    Fora Dória, sua biografia já está acabada. Revolucionário de butique, cavalo de Tróia do PSDB.

      1. Dorinha calcinha,tira a calça apertadinha,mostra o bum bum com preenchimento, e pega uma agulha do tamanho que vc esta acostumado a tomar ,e toma a vacina do seu mentor XiXi Ping sozinha.

  4. Numa clara conspiração contra o governo central do meu País, governadores sob comando do PSDB de FHC, agora se reunem para tentarem uma última tacada em final de epidemia (falsa epidemia, gripezinha de merda, que inclusive sara de estresse, lombalgia, diarréia, câncer, doenças pulmonares, enfartos – pois como reduziram as mortandades por outras causas!!!).
    Se Zema tá nessa vai perder sua popularidade aquí em MG. Não tem que comprar pôrra alguma. Datafolha comunista desinformando sobre se a população quer a vacina. NÃO QUER. TEM MEDO como tem medo da esquerda voltar ao poder. Nenhuma vacina tem condições de ser confiável neste pequeno interregno. Não precisa ser médico, é só ler.
    E obrigar a população? Onde estamos vivendo Reinaldo Azevedo?

  5. Lobista desde sempre, importando-se mais com o lucro a qualquer custo, Dória, o genocida paulista, quer ganhar comissão com a venda de vacinas da China, de quem é um estafeta. O desgovernador petista da Bahia, um tal de Rui Costa, que rima com outra coisa, é estafeta dos russos para a venda de 50 milhões de doses da vacina do Putin. Quem duvidar, consulte o site saude.ba.gov.br Não sei se há precedente na História para esse tipo de coisa, mas soa muito suspeito, especialmente em se tratando de Dória e Rui Costa, essa pressa em vender vacinas ainda sem comprovação científica de eficácia e aprovação da Anvisa. Se Dória e Rui Costa estiverem pensando que chineses e russos vão tolerar descumprimento do que foi acordado com seus estafetas, o bagulho pode ficar doido pra eles. É só consultar os arquivos do que chineses e russos são capazes.

  6. Pq tanto desespero de Dória para comprar a vacina xing ling? Deve ser pq ele tem acordo com os chineses para a tal vacina desde agosto de 2019, 3 meses ANTES (???) dos primeiros casos. E aquela ladainha de comprovação científica e ciência acabou? Tá parecendo camelô da ditadura chinesa… Sobre a terrível intimidação dele, no qual ele põe na frente os governadores, os mesmos q tentaram atrapalhar o PR no início da fraudemia (vários sendo visitados pela PF), lógico que o PR vai cag.ar toneladas de coc.ô para ele. A palavra de ordem de Dória agora é empurrar de qualquer jeito a vacina chinesa, dos mesmos crápulas que espalharam essa peste no mundo (ou se omitiram sobre ela). Por fim, percebe-se que o governo de Dória sobrevive por aparelhos. Jogando o PSDB ladeira abaixo, emparedado pelo MP, com bens bloqueados, economia em frangalhos devido ao fechamento esquizofrênico que hoje revela-se um fiasco, lixo atômico para os candidatos a prefeito, sua única e exclusiva preocupação agora é agradar aos chineses. Sobre a tentativa de se manter fora das cordas na mídia, suas palavras não encobrem o que todo o Brasil viu, a humilhação astrofísica que Bolsonaro lhe causou, saindo de SP, agendando reunião, anunciando o tal protocolo para receber um NÃO que ecoou no mundo inteiro. Em uma tacada só Bolsonaro esculachou a vacina xing ling, humilhou Dória em rede nacional e, por tabela, deu um chute nos chineses. Digam o que disserem, mas uma coisa é certa: Bolsonaro agiu com uma estratégia magistral.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês