-Publicidade-

Doria, sobre 2022: ‘Se não precisar disputar, eu não disputo’

'Jair Bolsonaro vai ser condenado por tribunais internacionais', diz governador de São Paulo sobre enfrentamento da covid-19
Governador de São Paulo voltou a atacar o governo de Jair Bolsonaro
Governador de São Paulo voltou a atacar o governo de Jair Bolsonaro | Foto: Ronaldo Silva/Estadão Conteúdo

Ao participar de uma reunião, por videoconferência, da Comissão Temporária da covid-19, do Senado, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a atacar o presidente Jair Bolsonaro e criticou o enfrentamento da pandemia pelo governo federal. O tucano sinalizou que pode não disputar a Presidência da República em 2022.

“Eu não faço discurso eleitoral. Eu não tenho preocupação eleitoral. Já falei que, se não precisar disputar [a eleição presidencial], eu não disputo”, afirmou Doria. “Eu quero o bem do meu povo, do meu país, eu quero estar ao lado de brasileiros como vocês e outros que não estão aqui neste momento, mas que querem defender a vida e a paz neste país.”

O governador paulista atacou Bolsonaro e acusou o presidente de negacionista. “Já tínhamos aqui a vacina, podíamos ter iniciado a vacinação em novembro do ano passado, teríamos salvo 40% da população. Mas o negacionismo do presidente Jair Bolsonaro impediu”, disse. “Jair Bolsonaro vai ser condenado por tribunais internacionais. O que ele está promovendo no Brasil é genocídio. Nós estamos matando os brasileiros, é inacreditável isso.”

No fim de semana, como registramos, Doria já havia indicado que poderia disputar a reeleição ao governo de São Paulo, e não concorrer ao Palácio do Planalto. “Diante deste novo quadro da política brasileira [com a retomada dos direitos políticos pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva], nada deve ser descartado”, afirmou.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

11 comentários

  1. JÁ ESTÁ SE CONFORMANDO E QUER SAIR DE FININHO, PORQUE SABE QUE NÃO TEM MAIS CONDIÇÕES DE GANHAR NADA!!! MAS QUE SAIA COM DIGNIDADE, SEM JOGAR LAMA NO PRESIDENTE E EM NINGUÉM!!!

    1. E esse safado, desonesto, ladrão da fé pública e de valores públicos vai ser julgado pelas urnas e pela história. É um doente mental.

      1. Bota doente mental nisso… Mas existe A LEI DO RETORNO…

  2. joão agripino doria (minúsculas propositais em consonância com a pequenez do citado) não perde uma única oportunidade de calar-se e consequentemente não dizer estultices…

  3. Pra presidente o Calcinha não ganha, ele sabe disso. Quanto a sua reeleição ao governo de São Paulo, acredito que os paulistas saberão dar a ele a resposta devida.

  4. Ele manda fechar tudo, tranca em casa, por causa desta insanidade muitas empresas estão fechando definitivamente, empregos sendo perdidos e vem com essa desfaçatez pedir que o Paulo Guedes corrija essa KHda? É muita cara-de-pau desse oportunista!

  5. Qual é o povo brasileiro que ele quer tão bem, com a expressão, “eu quero o bem do MEU povo”? Vacina em novembro do ano passado nem os EUA tinham, e só emergencialmente iniciaram aplicação emergencial com PFIZER e MODERNA em 18/12/2020.
    Que vergonha tenho aos 75 anos, por ter apoiado esse mau caráter desde as prévias para a prefeitura de São Paulo. Fui tucano, desde a fundação do partido até 2019 , quando esse sujeito iniciou sua campanha para presidente, desmoralizando a fala de Bolsonaro na sessão de abertura da ONU , em quem votei mesmo sendo ainda tucano no 1o. turno e ainda estou convicto que o acompanharei em 2022.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.