É muito drástico demitir quem não quer se vacinar, afirma Queiroga

Ministro da Saúde defendeu a portaria editada pelo Ministério do Trabalho

-Publicidade-
Marcelo Queiroga é ministro da Saúde
Marcelo Queiroga é ministro da Saúde | Foto: Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, defendeu a portaria editada pelo Ministério do Trabalho na última segunda-feira, 1º de novembro, que proíbe a demissão de funcionários que não apresentarem o certificado de vacinação.

“Achamos muito drástico demitir pessoas porque não quiseram se vacinar”, afirmou Queiroga. “Como médico, sempre consegui que meus pacientes aderissem ao tratamento na base do convencimento.”

-Publicidade-

Supremo avança

Nesta quinta-feira, 4, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o governo preste informações sobre a portaria assinada pelo ministro Onyx Lorenzoni (DEM-RS). A pasta tem cinco dias para responder ao questionamento do STF.

Barroso é o relator de ações apresentadas ao Supremo pela Rede Sustentabilidade, pelo PSB e pelo PT, que questionam a validade da medida.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Desgraçado do trabalhador demitido por justa causa. Passar dificuldades com a família, quem sabe até fome. E será difícil conseguir novo emprego. Ele conseguirá emprego nalgum Sindicato? A portaria poderá vigir por um tempo e depois revogada. O momento é difícil e não podemos depender da insensibilidade e incompetência de uma ministros do STF que não entende nada.

    1. Triste mesmo. Mas era a
      Só eles se vacinarem que não seriam demitidos. Aliás, todos devem se vacinar! Isso é melhor a ser feito.PARA TODOS!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.