-Publicidade-

“É um alerta de colapso”, diz presidente da Abrasel sobre disparada do desemprego

Presidente nacional da Associação de Bares e Restaurantes avisou Bolsonaro sobre escalada do desemprego. Setor é um dos mais atingidos com a crise do coronavírus, que desaqueceu os setores de comércio e serviços
Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados
Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados
Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

O setor de alimentação fora de casa, um dos que mais sofrem diante do atual cenário de demissões, sabe que esta era uma crise anunciada. O presidente nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Paulo Solmucci, diz que a escalada do desemprego é uma realidade, não uma ameaça dos empresários por medidas do governo. 

“É um alerta de colapso. Ninguém anteviu as coisas tão claras com relação ao ponto central do emprego igual nosso setor, por razões óbvias. Somos o maior empregador do Brasil e estávamos antenados com o que ia acontecer lá fora (exterior)”, justifica Solmucci.

O empresário está entre os que alertaram o governo sobre a destruição dos postos de trabalho. Além dos empregos, o setor, que lida com perecíveis, também sofreu com os estoques. Muitos produtos tiveram de ser jogados fora por questões de segurança sanitária.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês