Eduardo afirma que relatório é ‘peça de ficção’ e acusa Renan de abuso de autoridade

Em entrevista a Os Pingos nos Is, deputado do PSL diz ainda que CPI da Covid será um 'tiro no pé' da oposição
-Publicidade-
O deputado Eduardo Bolsonaro disse que pretende processar Renan Calheiros, relator da CPI da Covid
O deputado Eduardo Bolsonaro disse que pretende processar Renan Calheiros, relator da CPI da Covid | Foto: Reprodução/YouTube

Em entrevista ao programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan, nesta quarta-feira, 20, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) classificou o relatório final da CPI da Covid, lido nesta manhã pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), como uma “peça de ficção”.

O filho do presidente Jair Bolsonaro foi um dos alvos de pedido de indiciamento feito por Calheiros. Eduardo foi acusado de incitação ao crime.

-Publicidade-

“Fiquei surpreso. Eu esperava que ao menos eu tivesse o direito à defesa, o direito de ser ouvido na CPI antes de ser indiciado”, afirmou o deputado. “Fica clara a intenção política desse relatório. A CPI, que tem poderes de juiz, não age de maneira justa. Age de maneira política.”

Para Eduardo, o uso político da CPI pela oposição ao governo Bolsonaro será “mais um tiro no pé” da esquerda. “Eles não perceberam, assim como em 2018, que a população, ao assistir a essa injustiça, fica indignada e passa a ser um multiplicador do governo Bolsonaro”, avalia.

Processo contra Renan

Na entrevista, Eduardo Bolsonaro disse ainda que pretende representar contra Calheiros por abuso de poder. “Estou conversando com a minha advogada para ver o que pode ser feito. Farei uma sugestão para que o senador Renan Calheiros responda por abuso de autoridade. É o que aconteceria se um juiz agisse como agiu Renan Calheiros”, disse Eduardo.

“Além disso, pretendo anunciar que estou entrando com uma ação contra o relator por ocasião do vazamento das minhas conversas com o jornalista Allan dos Santos”, prosseguiu o deputado do PSL. “Isso é típico de ditaduras para assassinar a reputação de opositores.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. AGORA SIM ACHAMOS O AGENTE PROPAGADOR DO TAL VÍRUS. FOI BOLSONARO!
    QUANDO FEZ UMA VIAGEM À CHINA, LOGO NO INÍCIO DE SEU MANDATO, ELE AO VOLTAR ESCONDEU EM SUA BAGAGEM UM PEQUENO VIDRO REPLETO DO VÍRUS!
    E AÍ, NUMA TARDE DE DOMINGO, SEM TER O QUE FAZER, RESOLVEU BRINCAR DE SOLTAR OS BICHINHOS, PARA VER O QUE ACONTECIA! TODAVIA, ESQUECEU DE
    CHAMAR O RENAN PARA PARTICIPAR DO ATO, QUE DESPEITADO, JUROU QUE
    NÃO BRINCARIA MAIS COM ELE, BATENDO O PÉS E CHAMANDO RANDOLFINHO E OMARZINHO, E FORAM BRINCAR DE CIRQUIINHO.

  2. “O filho do presidente Jair Bolsonaro foi um dos alvos de pedido de indiciamento feito por Calheiros. Eduardo foi acusado de POR incitação ao crime.”
    Francamente, não entendi o significado desse “por”, por o que? Em quem? Enfim, acho que estou a certa altura da vida, desaprendendo muita coisa. E quanto a essa CPI do Circo, todos já sabem desde 6 meses atrás que sempre foi uma peça de ficção e que tem apenas o objetivo de encher o saco de muita gente.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.