Bancada do agronegócio apoia Bolsonaro no segundo turno

Durante os quatro anos de seu mandato, o presidente sempre se manteve próximo ao agronegócio

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro, e a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina, durante evento em Cuiabá, Mato Grosso | Foto: Divulgação/Mídias sociais
Presidente da República, Jair Bolsonaro, e a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina, durante evento em Cuiabá, Mato Grosso | Foto: Divulgação/Mídias sociais

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) declarou nesta quarta-feira, 5, apoio ao presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), no segundo turno das eleições. Representantes da bancada do agronegócio foram recebidos no Palácio da Alvorada pelo chefe do Executivo.

“Não poderíamos tomar outra decisão”, disse Sérgio Souza (MDB-PR), presidente da FPA. “A bancada do agronegócio no Congresso Nacional tomou um lado dos caminhos para a direita, dos caminhos com a retidão, com fé em Deus, dos caminhos da liberdade, dos caminhos da redução do custo de produção e da produção de alimentos de qualidade que cheguem à mesa do cidadão brasileiro.”

Conforme a FPA, participaram do evento 32 deputados e nove senadores. A senadora eleita Tereza Cristina (PP-MS), ex-ministra da Agricultura, explicou que, em 2018, a bancada também declarou apoio ao presidente. Bolsonaro escolheu Tereza como ministra depois que a FPA a indicou para o cargo.

-Publicidade-

“Não temos nenhuma dúvida que, entre os presidentes que o Brasil já teve, esse foi o presidente que mais deu apoio ao agro brasileiro”, afirmou a ex-ministra. “É por isso que o agro, integralmente, os produtores rurais pequenos, médios e grandes estão fechados com a candidatura e a reeleição do presidente.”

Durante os quatro anos de seu mandato, o presidente sempre elogiou o agronegócio, especialmente durante a pandemia de covid-19. Conforme o presidente, o setor é um orgulho para o país.

“Nós temos um quadro excelente de novos parlamentares eleitos e de outros parlamentares reeleitos para a Câmara e para o Senado”, disse Bolsonaro. “Agora serão praticamente 100% esse bom entendimento [com o Executivo], o terreno está arado, a terra está pronta para ser semeada e colher. E quem vai colher isso? O povo brasileiro.”

O ministro Joaquim Leite, do Meio Ambiente, afirmou que o governo faz políticas com o setor privado. “O agro com o meio ambiente trabalham juntos no governo Bolsonaro”, disse. O ministro Célio Faria Júnior, da Secretaria Geral, também participou da reunião.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Bolsonaro tinha tudo.para vencer no primeiro turno.Otimos ministros,enfrentou uma pandemia que abalou o mundo,estamos enfrentando uma difícil guerra e continuamos crescendo.Qual o motivo de tanto ódio pelo presidente?Regimes socialistas ou comunistas, só trazem pobreza e desgraça.Votem bem no segundo turno, será a única maneira de salvarmos o Brasil.

  2. Esta rodando vido na internet sobre MACAPÁ. Fraude clara. Chequei no Site TSE e confirmei. façam isto. Confirmei o que estava em vídeo. Claramente uma falha ou fraude no secção de votação onde deveria ter 116 votantes, e tinha, para todos os cargos pleiteados, menos para Presidente, lá mostra 416 votantes e não 116. lula recebeu 200 votos e Bolsonaro 116. Apareceram 200 votos do nada.!!!

  3. BolsonAGRO 2022 – Contra o roubo, a corrupção, a fraude, a mentira, o comunismo, a ditadura e a favor da Verdade, da Religião da Família, da Paz, da DEMOCRACIA e da LIBERDADE.

  4. Pergunta-te a ti mesmo nos próximos 20 dias:
    “Quantos votos eu já busquei HOJE entre os indecisos e os que se abstiveram?”
    Torne o teu celular, tuas redes sociais e o teu meio de trabalho ou estudo, em preciosas ferramentas, afim de convencer o indeciso e com isto angariar mais um voto para Bolsonaro. Se cada um de nós contribuir neste aspecto, venceremos com larga margem.
    Importante frisar a todos que: “O único candidato que governará sem sobressaltos, pois terá a maioria no Congresso (Senado/Câmara Federal), será Jair Messias Bolsonaro.”

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.