Revista Oeste - Eleições 2022

Marco Aurélio Mello diz que votaria em Bolsonaro contra Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, no entanto, externa preferência pelo candidato Ciro Gomes (PDT) para o 1º turno
-Publicidade-
Marco Aurélio elogiou atuação do ministro da Economia, Paulo Guedes
Marco Aurélio elogiou atuação do ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Reprodução/TV Bandeirantes

Aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) desde 2021, o ex-ministro Marco Aurélio Mello afirmou que votaria no presidente Jair Bolsonaro (PL) em um eventual embate direto contra Lula (PT) no segundo turno das eleições presidenciais deste ano.

A declaração do ex-ministro do Supremo aconteceu durante entrevista ao UOL. Marco Aurélio afirmou que Ciro Gomes é o seu escolhido para o primeiro turno, argumentando que “ninguém conhece mais o Brasil” do que o candidato do PDT.

No entanto, numa projeção de segundo entre o atual presidente e Lula, o ex-ministro diz entender que a continuidade é mais interessante ao país neste momento.

-Publicidade-

“Não imagino uma alternância para ter como presidente da República aquele que já foi durante oito anos presidente e praticamente deu as cartas durante seis anos no governo Dilma Rousseff (PT). Penso que potencializaria o que se mostrou no governo atual e votaria no presidente Bolsonaro, muito embora não seja ‘bolsonarista'”, afirmou Marco Aurélio.

“Cito, por exemplo, a atuação, que é digna de elogio, do ministro da Economia, Paulo Guedes. Se formos realmente fazer um levantamento, vamos ver que houve práticas de atos positivos buscando dias melhores.”

Mesmo externando a preferência por Bolsonaro contra Lula, Marco Aurélio Mello foi um dos 11 ex-ministros do Supremo que assinaram carta em defesa da democracia organizada pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP). Apesar de não ser diretamente citado no manifesto, o atual presidente é visto como alvo da iniciativa.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

  1. Declaração bosta de um ex-ministro merda. Justificativa pra não votar no carniça não é porque ele teve 8+6 anos de comando. É porque ele é ladrão condenado pela justiça. Aliás ladrão que nem aquele traficante que o sr. ministro de merda soltou e ele desapareceu. Pegue suas declarações e enfie no seu fiofó, seu cocô.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.