Petista mata a facadas apoiador de Bolsonaro

Delegacia de Investigações Gerais de Itanhaém (SP) confirmou que o crime ocorreu por motivações políticas

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
José Roberto Gomes foi assassinado por um petista
José Roberto Gomes foi assassinado por um petista | Foto: Reprodução

O petista Luís Antônio Ferreira da Silva, 42 anos, matou a facadas José Roberto Gomes, 52, apoiador declarado do presidente Jair Bolsonaro (PL). O assassinato ocorreu na terça-feira 4, em Itanhaém, no litoral de São Paulo.

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) disse à reportagem que “discordâncias políticas” motivaram o crime. O petista, assassino confesso, esfaqueou o apoiador de Bolsonaro na Avenida Santo André, no bairro Nova Itanhaém. Ele morava com a vítima havia cinco anos.

No local do crime, os policiais encontraram o corpo de Gomes estendido no chão. Havia oito ferimentos de faca espalhados pelo rosto, pelas costas e pelo pescoço. Ele usava uma camiseta com a foto de Bolsonaro.

-Publicidade-
Luís Antônio Ferreira da Silva foi preso em flagrante | Foto: Reprodução

Em depoimento à Polícia Militar, o petista alegou que a discussão teria começado durante o almoço, quando a vítima disse que “todo petista era ladrão”. De acordo com Ferreira da Silva, Gomes teria lançado uma panela em sua direção. Na sequência, teria pegado uma faca para atacá-lo. Os dois acabaram entrando em luta corporal. No confronto, o petista tomou o objeto das mãos do apoiador de Bolsonaro e o esfaqueou.

A DIG informou, no entanto, que “os motivos e as quantidades de facadas descartaram, por ora, o eventual reconhecimento de legítima defesa” por parte do petista. Ele foi conduzido à Cadeia Pública de Peruíbe, no litoral paulista.

A Prefeitura de Itanhaém declarou, em nota, que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu à ocorrência e que os envolvidos no caso apresentavam “instabilidade emocional”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

20 comentários Ver comentários

  1. Apenas uma desavença entre um casal gay, como já disseram nos comentários. Nada a ver com política. Precisa apenas verificar quem era a parte feminina para identificar se houve ou não feminicídio.

  2. Não tenho nenhum motivo para chamar o acusado de ladrão, mas vai ver que estão ensinando por aí que assassinato é profissão, vocação, sei lá o quê.

  3. Perguntamos aos candidatos ao governo de São Paulo como acabar com a Cracolândia, reduto de viciados no centro da capital paulista. Veja o que eles responderam:

    *Fernando Haddad (PT):* Essa população de viciados não pode ficar na rua, vamos alugar apartamentos para eles morarem no centro de São Paulo e lhes dar algum dinheiro para comprarem comida.

    *Tarcísio de Freitas (Republicanos):* É necessario promover o acolhimento para reinserção social, com desintoxicação, capacitação, geração de trabalho e renda. Melhorar as condições das comunidades terapêuticas, com proximidade à natureza. Criar “portas de saída” como programas de inserção de pessoas em situação de rua, ex-dependentes e egressos do sistema prisional no mercado de trabalho formal, principalmente em empresas parceiras e em obras contratadas e/ou concedidas pelo Estado.

    https://revistaoeste.com/politica/eleicoes-2022/cracolandia-o-que-dizem-os-programas-dos-candidatos-ao-governo-de-sp/

  4. Instabilidade emocional, é? Quantos advogados já chegaram de jatinho para defender o assassino? Vai ver é colega de escola do Adélio Bispo.

  5. Quem são os reacionários? a esquerda pode tudo: matar, roubar, difamar que para a imprensa está tudo bem, exceto a JP e a Oeste, quando é o contrário é explorado a exaustão pelos veículos de comunicação e pelos próprios partidos de esquerda. Presidente Bolsonaro vencedor no segundo turno, se Deus quiser! e ele quer.

  6. Pergunta-te a ti mesmo nos próximos 20 dias:
    “Quantos votos eu já busquei HOJE entre os indecisos e os que se abstiveram?”
    Torne o teu celular, tuas redes sociais e o teu meio de trabalho ou estudo, em preciosas ferramentas, afim de convencer o indeciso e com isto angariar mais um voto para Bolsonaro. Se cada um de nós contribuir neste aspecto, venceremos com larga margem.
    Importante frisar a todos que: “O único candidato que governará sem sobressaltos, pois terá a maioria no Congresso (Senado/Câmara Federal), será Jair Messias Bolsonaro.”

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.